ESTADO DA ARTE DA REVISTA CONTABILIDADE VISTA & REVISTA: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO ACADÊMICA DE 2008 A 2012

Autores

  • Henrique César Melo Ribeiro - Universidade Nove de Julho (SP) - Faculdade Maurício de Nassau (Unidade Parnaíba-PI)

Palavras-chave:

Bibliometria. Contabilidade Vista & Revista. Produção acadêmica. Rede social.

Resumo

Este estudo analisa o estado da arte da produção acadêmica da revista Contabilidade Vista & Revista de 2008 a 2012. Metodologicamente, esta pesquisa baseia-se em técnicas de análise bibliométrica e de rede social, utilizando-se a estatística descritiva, com base em 120 artigos publicados. Os principais resultados são: predominância de artigos em parceria; De Luca e Peleias são os autores mais profícuos e os mais centrais. A USP é a IES com maior produção de artigos e, consequentemente, a mais central, tanto no degree, quanto no betweenness. Governança corporativa, mercado de capitais, ensino e pesquisa, contabilidade gerencial, contabilidade internacional e gestão de custos são os temas mais vistos. Os achados encontrados nesta pesquisa contribuem para divulgar, difundir e, posteriormente, socializar o estado da arte da produção acadêmica do referido periódico na literatura científica nacional. Conclui-se que o acervo da citada revista, sobretudo durante os períodos de 2008 a 2012, reflete de maneira ampla o universo da produção acadêmica da área contábil, proporcionando e ajudando a desenvolver e fomentar o campo do conhecimento da Contabilidade no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique César Melo Ribeiro, - Universidade Nove de Julho (SP) - Faculdade Maurício de Nassau (Unidade Parnaíba-PI)

Doutor em Administração (Uninove)

Mestre em Administração (Unifor)

Graduado em Contabilidade (UFPI)

Prof. da Uninove e da FMN (PI)

Downloads

Publicado

2015-09-24

Como Citar

RIBEIRO, H. C. M. ESTADO DA ARTE DA REVISTA CONTABILIDADE VISTA & REVISTA: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO ACADÊMICA DE 2008 A 2012. ConTexto - Contabilidade em Texto, Porto Alegre, v. 15, n. 30, 2015. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/ConTexto/article/view/46640. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos