Autopercepção da ansiedade: análise do cotidiano de um estudante

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.98526

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar a autopercepção da ansiedade em um jovem estudante do Colégio de Aplicação da UFRGS. Ela foi realizada a partir da elaboração de um instrumento de pesquisa recordatório com anotações diárias, no qual o estudante anotava situações de ansiedade do seu dia. O diário foi elaborado com 16 páginas, contendo, em cada uma delas, uma tabela com nove perguntas. Ao todo, foram realizados 16 dias consecutivos de anotações. A pesquisa também foi realizada a partir de uma revisão bibliográfica de pesquisas que tratam sobre o tema de ansiedade como Salva (2008), Batista e Oliveira (2005), Castillo et al (sem ano de publicação), dentre outros autores. Percebemos como resultados, que, durante os 16 dias de anotações o sujeito relatou ter passado por diferentes momentos de ansiedade no seu dia-a-dia, e que, a partir desta experiência, conseguiu buscar diferentes estratégias para amenizar os picos de ansiedade no seu cotidiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laura Costa Fraga, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Estudante do Ensino Fundamental

Colégio de Aplicação

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Daniel Giordani Vasques, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Professor Doutor do Departamento de Expressão e Movimento - DEM

Colégio de Aplicação - CAp

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Downloads

Publicado

2020-09-24