Práticas inovadoras no trabalho com a disciplina de Matemática no Ensino Fundamental I: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.97608

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo apresentar quais as práticas inovadoras que professores que atuam no Ensino Fundamental I têm desenvolvido no ensino da disciplina de Matemática, que estão sendo divulgadas no meio acadêmico. Optou-se pelo Ensino Fundamental I, por esse nível de ensino contemplar a base do Ensino da Matemática. A pesquisa foi realizada por meio de uma revisão sistemática no Banco de Teses e Dissertações (BDTD) no segundo semestre de 2019. Os resultados demonstraram que os jogos, o trabalho com a Etnomatemática, o uso de tecnologias digitais, a Modelagem Matemática e a utilização de histórias podem ser usados como práticas inovadoras que oportunizam aos estudantes vivenciarem situações nas quais os conceitos matemáticos possam ser abordados de maneira reflexiva e contextualizada, fazendo sentido para a sua aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula de Andrade Janz Elias, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2018); Aluna de Pós-Graduação Doutorado em Educação pela PUCPR, desde 2019; Aluna de Licenciatura em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional Uninter, desde 2019; Especialista em Inovação e Tecnologias na Educação pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2019); Aluna de Licenciatura em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional Uninter, desde 2019; Possui especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Grupo Rhema (2016) e especialização em Psicomotricidade também pelo grupo Rhema (2016); Formada em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Paraná (2005); É membro do GPTEM (Grupo de Pesquisas sobre Tecnologias na Educação Matemática) desde o segundo semestre do ano de 2016; É membro do INTEDUC (Grupo de Pesquisa Inovação e Tecnologias na Educação) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, desde o ano de 2017; É membro do Grupo de Pesquisa Inovação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologias Digitais na Educação, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, desde o ano de 2017; Atualmente é professora na Escola Superior de Educação - Uninter , para os cursos de Licenciatura em Matemática, Bacharelado em Matemática e Pedagogia; Já atuou em diferentes atividades áreas na educação, tanto como professora de matemática para Ensino Fundamental e Ensino Médio, professora regente no Ensino Fundamental, professora conferencista e tutora EAD (IFPR), professora de Estatística e Matemática Básica para cursos técnicos e atuou ainda como diretora de escola de ensino fundamental na Prefeitura Municipal de Curitiba.

Beatriz Maria Zoppo, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

Doutoranda em Educação PPGE/ PUCPR (2019). Mestre em Educação em Ciências e Matemática pelo PPGECM/ UFPR (2017). Possui pós graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Universidade Positivo (2016); Pós graduação em educação Inclusiva pelo Centro Universitário Barão de Mauá -SP (2015). Graduada em Pedagogia pela UEL (2013). Pesquisadora sobre o uso de tecnologias digitais na Educação Matemática . Integrante do Grupo de Pesquisa Criatividade e Inovação Docente no Ensino Superior CIDES/PR) e integrante do grupo de pesquisa sobre tecnologias na Educação Matemática (UFPR). É professora da Rede Municipal de Curitiba, atua nos anos iniciais do Ensino Fundamental, desde 2009 encontra-se como diretora da escola. Atua como professora colaboradora da Uninter na modalidade EAD (Produção de materiais e gravação ).

Marco Aurélio Kalinke, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Doutor em Educação Matemática pela PUC-SP, tem pós-doutorado pela Universidade de Milão (Clínica del Lavoro Luigi Devoto), mestrado em Educação pela UFPR e graduação em Matemática pela UTP-PR. Atualmente é professor Associado, com Dedicação Exclusiva, da UTFPR e membro dos corpos docentes do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) da UFPR e do Programa de Pós-graduação em Formação Científica, Educacional e Tecnológica (PPGFCET) da UTFPR. Foi diretor de colégios e faculdades e professor de Ensino Fundamental, Médio e Pré-vestibular. Autor/Organizador de diversos livros, entre os quais "Docência: trinta anos de aprendizagem", "A Lousa Digital e outras tecnologias na Educação Matemática", "Educação Matemática: pesquisas e possibilidades", e "Para Não Ser Um Professor do Século Passado". Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Matemática e Formação de Professores, atuando principalmente com: tecnologia educacional, internet e educação, internet e aprendizagem e formação de professores de Matemática. É membro líder do GPTEM: Grupo de Pesquisa sobre Tecnologias na Educação Matemática e participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Formação de Professores.

Downloads

Publicado

2020-09-24