Uma revisão da noção de interdisciplinaridade: possíveis contribuições para a sala de aula de línguas estrangeiras na escola brasileira

Autores

  • Hugo Jesús Correa Retamar UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.95589

Resumo

A interdisciplinaridade, aliada à formação cidadã, é orientação para o ensino de língua estrangeira na escola. Contudo, é um conceito polissêmico e ainda pouco compreendido por professores e seus formadores. Logo, buscando promover a discussão sobre interdisciplinaridade em Linguística Aplicada (LA) e assim contribuir para atitudes interdisciplinares nas aulas de Língua Estrangeira (LE), neste artigo: 1) situo historicamente a interdisciplinaridade; 2) busco um entendimento dessa noção; 3) aproximo interdisciplinaridade e a LA voltada ao ensino de línguas; 4) reviso pesquisas nacionais em LA, com dados naturalísticos, que unem interdisciplinaridade e ensino de LE na escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo Jesús Correa Retamar, UFRGS

Doutor em Linguística Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor de língua espanhola do Colégio de Aplicação da UFRGS. Experiência em língua espanhola, literaturas de língua espanhola, interdisciplinaridade e contextualização sociocultural, formação de professores de espanhol, Ensino Médio e Educação Básica.

Downloads

Publicado

2020-09-24