O ensino de línguas estrangeiras no Colégio de Aplicação da UFRGS – destaque para a língua alemã

Autores

  • Rosita Maria Schmitz Colégio de Aplicação da UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.22991

Palavras-chave:

Línguas estrangeiras, Carga horária, Escolas parceiras, Depoimentos

Resumo

Este relato trata dos principais movimentos que aconteceram no ensino de línguas estrangeiras no Colégio de Aplicação da UFRGS, especialmente a partir de 2008, com a elaboração de projetos pelos professores da Área de Línguas Estrangeiras do Departamento de Comunicação, principalmente no que se refere à ampliação da carga horária.  A forma como é feita a escolha da língua estrangeira na sétima série do Ensino Fundamental e no Ensino Médio também é abordada.  Apresenta-se, também, os principais objetivos a serem alcançados depois da assinatura de um termo de cooperação entre o CAp e o Goethe-Institut de São Paulo, para incentivar o estudo da Língua Alemã. Nos depoimentos de alunos – nos quais eles justificam sua opção pelo estudo de outro idioma, ressaltando a importância do convênio entre o Colégio de Aplicação e o projeto PASCH, “Escolas: uma parceria para o futuro” – percebe-se o acerto da iniciativa.

 

Palavras-chave: Línguas estrangeiras, Carga horária, Escolas parceiras, Depoimentos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosita Maria Schmitz, Colégio de Aplicação da UFRGS

Departamento de Comunicação, Área de Línguas Estrangeiras

Downloads

Publicado

2011-06-08