Charges e histórias em quadrinhos através da composição de imagens: estratégias de ensino na educação básica em Geografia

Autores

  • Fernando Frederico Bernardes Universidade Feevale

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.20548

Palavras-chave:

Charge, Educação Básica, Geografia, Imagem, Prática de Ensino.

Resumo

Este artigo relata uma prática de ensino desenvolvida na segunda etapa do primeiro ciclo do Ensino Médio da Escola de Educação Básica Feevale - Escola de Aplicação. A proposição examina as relações capitalistas do espaço geográfico, através da construção de charges ou histórias em quadrinhos, objetivando a percepção/visualização individual de cada aluno em relação à prática e à dinâmica capitalista pretérita e/ou contemporânea. Os resultados deste trabalho se expressam-se na construção de produtos de interpretação, demonstrando o posicionamento dos alunos em relação às ações capitalistas e as suas transformações dentre o espaço geográfico. A intenção é tornar útil esta sugestão/reflexão de prática de ensino, independente do nível de escolaridade, seja ela no ensino fundamental ou médio, no âmbito público ou privado, concretizando o sentido da intenção da proposta deste artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Frederico Bernardes, Universidade Feevale

Graduado em Geografia, Licenciatura Plena, e mestre em Geografia pela Universidade Federal de Rio Grande do Sul - UFRGS. No momento presente é colaborador do Instituto de Ciências Humanas Letras e Artes - ICHLA, da Escola de Aplicação da Universidade Feevale. Atua no campo da Geografia, com ênfase nos estudos de Análise Ambiental e de Ensino-Aprendizagem. A temática na qual centra suas pesquisas é relativa aos estudos do ambiente, ensino de Geografia e também ao ensino de Epistemologia da Geografia.

Downloads

Publicado

2011-06-08

Como Citar

BERNARDES, F. F. Charges e histórias em quadrinhos através da composição de imagens: estratégias de ensino na educação básica em Geografia. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 24, n. 1, 2011. DOI: 10.22456/2595-4377.20548. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/20548. Acesso em: 8 ago. 2022.