Ensino híbrido na rede pública em tempos de pandemia: reflexões e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.114126

Palavras-chave:

Inovação. Ensino Híbrido. Formação. Tecnologias digitais

Resumo

O artigo apresenta os resultados da pesquisa acerca do ensino híbrido na rede pública municipal de um município do extremo oeste de Santa Catarina. O objetivo do estudo é refletir e agregar conhecimento à prática pedagógica de professores acerca do ensino híbrido. A pesquisa possui abordagem qualitativa. Quanto à sua natureza, se classifica como aplicada e, com base nos seus objetivos, o estudo pode ser considerado descritivo. Os resultados apontam que os professores que participaram da pesquisa demonstraram interesse em aprender e conhecer os aplicativos e recursos que foram propostos para implementar o ensino híbrido. No que se refere aos momentos de formação e aperfeiçoamento, manifestaram interesse e a necessidade de participar de oficinas e aperfeiçoamento, a fim de enriquecer sua prática pedagógica, uma vez que, os participantes não concordam totalmente que houve inovação com aulas remotas em virtude de considerarem que, tanto os professores como os alunos não estavam preparados para esse contexto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucilaine Sotili, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA-UNOESC. CAMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE.

LICENCIADA EM INFORMÁTICA PELA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC.

PÓS GRADUADA EM INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO PELA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC.

Jessica Ferreira Stöer, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA-UNOESC. CAMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE.

PEDAGOGA PELA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC.

PÓS GRADUADA EM INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO PELA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC.

Izoldi Klein Pinheiro, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA-UNOESC. CAMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE.

MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO PELA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC.

Dilva Bertoldi Benvenutti, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA-UNOESC. CAMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE.

Doutora em Educação nas Ciências pela UNIJUÍ. Professora de TI do Programa de Mestrado em Educação da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Joaçaba-SC. Linha de pesquisa Processos Educativos e do grupo de pesquisa Formação Docente e Práticas de Ensino.

Downloads

Publicado

2021-10-13

Como Citar

SOTILI, L.; FERREIRA STÖER, J.; KLEIN PINHEIRO, I.; BERTOLDI BENVENUTTI, D. Ensino híbrido na rede pública em tempos de pandemia: reflexões e possibilidades. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2595-4377.114126. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/114126. Acesso em: 5 out. 2022.