Concepções de professoras-mães sobre o bullying e a educação inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.114048

Palavras-chave:

Educação inclusiva, Aluno com deficiência, Bullying, Maternidade.

Resumo

A partir da perspectiva da Psicologia do Desenvolvimento, o objetivo deste estudo foi investigar a concepção das mães de filhos com deficiência, que são também professoras, sobre bullying relacionado à criança com deficiência. Participaram do estudo quatro professoras de ensino fundamental I da rede pública, duas delas também mães de pessoas com deficiência. Utilizaram-se os instrumentos: Questionário sobre formação e trabalho das professoras; Entrevista semiestruturada sobre bullying e inclusão; e Questionário sobre bullying direcionado aos professores de alunos com deficiência. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo. Os resultados revelaram: falta de preparo de professores para trabalhar com questões relativas à inclusão e ao bullying, falta de infraestrutura da escola para bem receber alunos com deficiência, medo em relação ao futuro e à inclusão dos filhos das professoras mães de pessoas com deficiência na sociedade e esforço para que a inclusão, de fato, ocorra com seus alunos. Constatou-se que as professoras-mães manifestaram sentimento de tristeza e angústia, pois ao responderem sobre a educação inclusiva não puderam deixar de relatar suas experiências enquanto mães de crianças com deficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Karolina Santoro Borges, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

A pesquisadora é pedagoga, professora de Educação Básica I, especialista em Desenvolvimento Moral e em Educação Especial e Inclusiva, Mestre em Psicologia, Doutoranda em Psicologia e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Membro do  grupo de pesquisa Psicologia da Saúde e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas.

Carlos Henrique Ferreira de Silva, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Psicólogo, Filósofo, Mestrando em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Membro do  grupo de pesquisa Psicologia da Saúde e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas.

Letícia Lovato Dellazzana_Zanon, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia e titular da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Pesquisadora do grupo de pesquisa Psicologia da Saúde e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas. Doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2021-11-09

Como Citar

SANTORO BORGES, A. K.; FERREIRA DE SILVA, C. H.; DELLAZZANA_ZANON, L. L. Concepções de professoras-mães sobre o bullying e a educação inclusiva. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2595-4377.114048. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/114048. Acesso em: 5 out. 2022.