Os desafios das atividades pedagógicas não presenciais: formação para o uso de estratégias e recursos de acessibilidade educacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.114027

Palavras-chave:

Educação. Formação Continuada. Recursos Tecnológicos. Inclusão

Resumo

Desde 2020, vivencia-se um momento de grande impacto social, em virtude da pandemia de COVID-19, na qual as condições sanitárias impossibilitaram estar na escola presencialmente. Este trabalho tem a finalidade de apresentar como o grupo de pesquisa interdisciplinar em tecnologia assistiva e inclusão contribuiu com a produção de conhecimento relacionado ao uso de recursos tecnológicos, a partir do oferecimento de oficinas sobre estratégias e recursos de acessibilidade educacional, no contexto das atividades pedagógicas não presenciais. A metodologia utilizada para a elaboração do texto embasa-se na abordagem qualitativa e caracteriza-se como pesquisa descritiva e explicativa. Elucidam-se as demandas encontradas neste cenário, no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina, discute-se a importância de se utilizar estratégias e recursos tecnológicos, na elaboração de ações educacionais, que possibilitam a inclusão de todos os estudantes nos processos de ensino e aprendizagem na educação básica, especialmente os estudantes público-alvo da educação especial e apresentam-se as três oficinas oferecidas pelo grupo. Como principais resultados, tem-se que a constatação da necessidade desse tipo de formação pedagógica, como forma de qualificar a atuação dos profissionais de educação da rede pública de ensino, uma vez que observou-se a diversidade da aplicabilidade dos recursos abordados nas oficinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ciriane Jane Casagrande da Silva, Colégio de Aplicação - CA/UFSC

Professora de Educação Especial no Colégio de Aplicação da UFSC. Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo.

Katia de Moura Graça Paixão, Universidade Federal de Santa Catarina

Pedagoga da área de Educação Especial na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho".

Josiane Eugênio, Colégio de Aplicação-CA/UFSC

Professora de Educação Especial no Colégio de Aplicação da UFSC. Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC/PROSUC/CAPES). É vice-líder do Grupo Interdisciplinar em Tecnologia Assistiva e Inclusão - GITAI.

 

 

Julieze Esquiam Gomes, Escola de Educação Básica Brigadeiro Eduardo Gomes da rede municipal de Florianópolis-SC.

Licenciada em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria. Professora de Educação Especial na prefeitura municipal de Florianópolis, lotada na E.B.M. Brigadeiro Eduardo Gomes.

Luana Zimmer Sarzi, Colégio de Aplicação - CA/UFSC

Professora de Educação Especial no Colégio de Aplicação da UFSC. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria.

Renata Gomes Camargo, Colégio de Aplicação - CA/UFSC

Professora de Educação Especial no Colégio de Aplicação da UFSC. Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo. Doutora em Distúrbios da Comunicação Humana pela Universidade Federal de Santa Maria-UFSM. É líder do Grupo Interdisciplinar em Tecnologia Assistiva e Inclusão - GITAI

Downloads

Publicado

2021-09-24

Como Citar

DA SILVA, C. J. C.; PAIXÃO, K. de M. G.; EUGÊNIO, J.; GOMES, J. E.; SARZI, L. Z.; CAMARGO, R. G. Os desafios das atividades pedagógicas não presenciais: formação para o uso de estratégias e recursos de acessibilidade educacional. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2595-4377.114027. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/114027. Acesso em: 26 set. 2022.