Possibilidades de ensino do Basquetebol para alunos com deficiência visual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.114004

Palavras-chave:

Educação Física. Basquetebol. Deficiência Visual

Resumo

O objetivo deste texto é apresentar uma proposta de unidade didática para o ensino do Basquetebol nas aulas de Educação Física escolar para alunos com deficiência visual. Para tal, o presente texto faz uma breve análise sobre o ensino do Basquetebol a partir de um modelo tradicional que tem como foco a aprendizagem técnica e um modelo global que privilegia, também, características táticas e cognitivas de quem joga. Metodologia: propomos a construção de uma unidade didática de 10 aulas para o ensino de fundamentos técnicos e de noções táticas do Basquetebol destinada para alunos da segunda fase do ensino fundamental em diante que tenham deficiência visual. Nesse ponto, a discussão sobre a proposta apresentada sugere que um olhar voltado para as novas possibilidades esportivas de inclusão na escola podem ampliar nossa visão, nos munindo de ferramentas para uma educação mais humana e crítica. Por fim, conclui-se que: 1) aprender Basquetebol na escola é um direito de todo aluno e é possível ensinar Basquetebol para alunos deficientes visuais e, 2) o modelo tradicional de ensino torna-se válido na medida em que possibilita uma maior experiência tátil desses alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silas Alberto Garcia, Universidade Estadual de Goiás- Campus ESEFFFEGO

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Graduado no curso de Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus ESEFFEGO. Especializando em Docência do Ensino Superior na Faculdade Brasileira de Educação e Cultura (FABEC)

Weverton Ferreira Silva, Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus ESEFFEGO

Graduando licenciatura em Educação física na Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus ESEFFEGO

Gabriel Carvalho Bungenstab, Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Campus ESEFFEGO

Doutor em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (2016). Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2013).  É professor efetivo no curso de Educação Física da Universidade Estadual de Goiás (UEG) e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal de Goiás (PPGEF-UFG)

Downloads

Publicado

2021-09-24

Como Citar

GARCIA, S. A.; SILVA, W. F.; BUNGENSTAB, G. C. Possibilidades de ensino do Basquetebol para alunos com deficiência visual. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2595-4377.114004. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/114004. Acesso em: 26 set. 2022.