[1]
L. L. Dezordi e M. Curado, “CRISES FINANCEIRAS E O PAPEL DA POLÍTICA ECONÔMICA: UMA ABORDAGEM PÓS-KEYNESIANA”, RAE, vol. 33, nº 63, mar. 2015.