Cogumelos comestíveis: uso, conservação, características nutricionais e farmacológicas

Joice Vinhal Costa Orsine, Luíssa Marques Brito, Maria Rita Carvalho Garbi Novaes

Abstract


É crescente o interesse na produção e consumo de cogumelos devido às suas qualidades nutricionais e terapêuticas, o que tem estimulado sua utilização como alimento funcional e como coadjuvante no tratamento de enfermidades como o câncer. O presente trabalho tem por objetivo discutir o uso de cogumelos como alimento e com fins medicinais pela população através da apresentação de trabalhos publicados, considerando a composição química e nutricional, aspectos farmacológicos e tóxicos para o uso seguro em seres humanos. A coleta de dados foi realizada por meio de pesquisa em bases eletrônicas Lilacs, Sciello, Medline, PubMed e Cochrane. Foi possível verificar que os cogumelos apresentam interessantes características nutricionais devido ao alto teor de proteínas e fibras alimentares, baixo teor de lipídeos e fonte considerável de sais minerais. Possuem diversas substâncias com atividade antioxidante, como a Vitamina C, Vitamina E e polifenóis. Dentre as substâncias com interesse na medicina, está o ergosterol, precursor da Vitamina D, que possui ação em enfermidades ósseas, como raquitismo e osteoporose. Na profilaxia e tratamento do câncer, foram observados possíveis efeitos anticarcinogênicos e antimutagênicos, proporcionados por glucanas, arginina, proteoglucanas, glutamina, lectina. Como não estão incluídos nas práticas alimentares da maioria da população do Brasil, muitos estudos estão sendo realizados no intuito de desenvolver formulações com adição de cogumelos, tornando os alimentos mais saudáveis.


Keywords


Alimento funcional; Suplementos dietéticos; Hábitos alimentares



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

   

  

 

Apoio Financeiro:


 

Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.