Fazer da Matemática Problema a ser Inventado Inventando Formação

Autores

  • Margareth Aparecida Sacramento Rotondo Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora/MG – Brasil

Palavras-chave:

Formação de Professores e Professoras. Processualidade. Experiência.

Resumo

Este artigo traz um evento que se deu em salas de aulas da formação
de professores e professoras que ensinarão matemática nas séries
iniciais. Na tensão de um vivido e com a atenção num vivido põe a pensar a
formação de professores e professoras como inquietude e processualidade
na experiência. Aproximando-se das filosofias da diferença, principalmente
em Foucault e Deleuze, faz ação da teoria e ação da prática, no revezamento
teoria-prática, dando a pensar a formação ao fazer da matemática
problema a ser inventado. A produção matemática dá condições da invenção
na formação de professores e professoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margareth Aparecida Sacramento Rotondo, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Juiz de Fora/MG – Brasil

é doutora em Educação Matemática.
Professora da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-
-graduação em Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora. Pesquisadora
CAPES/FAPEMIG. Líder do Travessia Grupo de Pesquisa e
pesquisadora no Grupo de Pesquisa Núcleo de Educação em Ciência,
Matemática e Tecnologia, ambos cadastrados no CNPq. Coordenadora
do Núcleo de Educação em Ciência, Matemática e Tecnologia (NEC) da
Faculdade de Educação da UFJF.

Publicado

2014-09-22

Como Citar

Rotondo, M. A. S. (2014). Fazer da Matemática Problema a ser Inventado Inventando Formação. Educação &Amp; Realidade, 39(4). Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/45896

Edição

Seção

Matemática nos Anos Iniciais