Sobre a Revista

Foco e Escopo

A religião se apresenta como uma das questões mais recorrentes e universais da sociedade, tendo se constituído num tema clássico de estudo e pesquisa nas Ciências Sociais e Humanas. Sua longa duração histórica a torna um fato social diversificado e de grande atualidade, que exige aprofundamento e pesquisa constante. O Núcleo de Estudos da Religião (NER), integrado ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é hoje uma referência nacional na área dos estudos da religião, tendo em seu periódico, Debates do NER, um importante veículo de divulgação dos resultados das pesquisas realizadas por seus membros e de intercâmbio com outros núcleos no país e no exterior.

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação dos artigos enviados à Debates do NER obedece ao seguinte fluxo: a) Análise quanto à forma: nessa fase, os artigos são submetidos à leitura de ao menos dois dos editores e são avaliados quanto a sua adequação aos critérios gerais da Debates do NER e à linha editorial. Assim, são devolvidos aos autores os artigos que: 1) configuram-se como relatos de experiência; 2) configuram-se unicamente como revisão bibliográfica; 3) configuram-se notadamente como simples recorte de uma dissertação ou tese, sem a devida adaptação; 4) apresentam-se sob a forma de projeto ou relatório de pesquisa; 5) não apresentam uma análise suficientemente aprofundada da temática que se propõe a discutir; 6) não centram sua problemática, nem de forma indireta, no campo das ciências sociais da religião; 7) possuem excessivos erros de redação bem como de estruturação do texto, a ponto de dificultar a compreensão das partes ou mesmo do todo; 8) são meramente descritivos e não apresentam uma análise da problemática abordada; 9) não possuem a forma de artigo científico usualmente praticada nos periódicos de Ciências Sociais; 10) não cumprem as normas da Debates do NER para submissão dos artigos (formatação, citações, referências...); 11) não apresentam resultados, formulações ou conclusões que apontem avanços para a temática proposta; 12) não apresentam elementos empíricos ou argumentações suficientemente desenvolvidas que fundamentem as conclusões. Tais trabalhos serão devolvidos aos autores com a sugestão de que sejam reformulados, para efeito de nova submissão e avaliação pela Debates do NER, noutra oportunidade. Os trabalhos que não se enquadram em nenhuma das características acima serão considerados aptos para a fase seguinte. b) Análise por pares quanto ao mérito: nessa segunda fase, a editoria da Debates do NER encaminha o artigo sem a identificação do autor a, no mínimo, dois pareceristas da área temática específica do trabalho (membros do Conselho Editorial ou convidados ad hoc), de dois Estados diferentes ou do exterior. Para a seleção dos pareceristas e das áreas temáticas são consideradas as classificações da tabela de áreas do CNPq e o conjunto de informações acessíveis na plataforma LATTES. A avaliação levará em conta os seguintes critérios: contribuição à área das ciências sociais da religião; originalidade do tema e/ou do tratamento dado ao tema; consistência argumentativa; rigor da abordagem teórico-metodológica; qualidade geral do texto. Os pareceristas podem aceitar plenamente o artigo, aceitar solicitando reformulações ou recusar o artigo. Qualquer uma das hipóteses é justificada por um parecer descritivo. Quando os dois pareceristas recusam o trabalho, o artigo é devolvido ao autor. Quando os dois pareceristas aceitam o trabalho, ele passa à fase seguinte. Por fim, quando um ou os dois pareceristas solicitam reformulações, o trabalho é devolvido ao autor, solicitando que o mesmo considere os pareceres e reformule o artigo no prazo de trinta dias. Quando o autor reenvia o texto reformulado, segundo as sugestões dos pareceristas, ele é reavaliado e passa à fase final. c) Revisão e adequação do trabalho às normas da Debates do NER: uma vez aceito para publicação, o trabalho é submetido a uma revisão de linguagem e a uma normalização. O trabalho é encaminhado ao autor com as sugestões de correções e adequações, para que seja finalmente encaminhado pela editoria para a publicação.

Periodicidade

Semestralmente.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Sobre o periódico

Debates do NER é um periódico semestral, publicado pelo Núcleo de Estudos da Religião (NER), do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Seus números divulgam textos científicos inéditos, decorrentes de pesquisas realizadas na área das ciências sociais, relativas à presença, análise e interpretação da religião como fato social em suas interfaces com outras esferas da sociedade. Possui abrangência nacional e internacional, estendendo-se para os países do Mercosul, por meio de uma extensa e qualificada rede de cientistas sociais da religião que têm publicado com regularidade no periódico. Atualmente este periódico encontra-se indexado em:
- Latindex;
- Index Copernicus;
- Portal de Periódicos da Capes
- EBSCO - Academic Search Premier;
- RCAAP - Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal
- DOAJ - Directory of Open Access Journals
- Biblat - Bibliografía Latinoamericana en revistas de investigación científica y social;
- Google Acadêmico.

Taxas para submissão e publicação de textos

O periódico Debates do NER não cobra nenhuma taxa por textos publicados e tampouco pelos submetidos para a avaliação.

Licença

Os conteúdos de Debates do NER estão licenciados em CC BY. Para mais informações sobre essa forma de licenciamento, consulte: https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/

Manuscritos publicados

A Debates do NER a cada número publica três tipos de manuscritos: Artigos (até 8 mil palavras; 15-25 páginas), resenhas (até 4 mil palavras; 3-10 páginas) e ensaios fotográficos. Publica trabalhos em Português e Espanhol. Deste modo, os trabalhos submetidos para publicação deverão ser redigidos em uma dessas línguas, sempre obedecendo as normas de bom uso das mesmas.

Sponsors

Histórico do periódico

Debates do NER é um periódico semestral dedicado ao tema da religião. Foi criado em 1997 por iniciativa do Núcleo de Estudos da Religião (NER), do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Debates do NER é atualmente um dos mais importantes veículos de divulgação de pesquisas relacionadas às Ciências Sociais da Religião no Mercosul. A partir do fascículo 15, no ano de 2009, o periódico começou a publicar resenhas. Além da publicação de dossiês temáticos e outros números de tema livre, em 2012, a revista recuperou sua proposta inicial e, em algumas edições, apresenta aos leitores os comentários de diferentes pesquisadores em torno de um único texto.