O juizado de órfãos de Porto Alegre e a tutela de menores: a formação do futuro cidadão através do trabalho.

José Carlos da Silva Cardozo

Resumo


As três décadas iniciais do século XX foram anos de grande expectativa para a jovem República brasileira promovida pelo novo modus vivendi de civilização que caracterizou este período como a Belle Époque brasileira. O novo modelo político-administrativo desejava tornar o Brasil um país moderno e para que isso ocorresse era necessário, inclusive, mudar alguns hábitos e costumes de sua população. O Juizado de Órfãos de Porto Alegre foi fundamental para promover essa nova organização social dentro do espaço familiar porto-alegrense, pois era nesse ambiente que seria formado o futuro cidadão para a República - a criança. Este texto analisa a utilização do trabalho dos menores tutelados por parte dos adultos que, muitas vezes, tutelavam uma criança para se aproveitar dos seus serviços como verificado nos processos de tutela da cidade de Porto Alegre.


Palavras-chave


Juizado de Órfãos; tutela; menores trabalhadores.

Texto completo:

PDF