EFETIVIDADE DA HIDROTERAPIA E DA CINESIOTERAPIA NA REABILITAÇÃO DE IDOSOS COM HISTÓRICO DE QUEDAS

Autores

  • Patricia Martins Franciulli Universidade São Judas Tadeu Universidade de São Paulo
  • Giovana Banfi de Souza Hospital São Luis - SP
  • Juliana Ferreira Albiach Universidade São Judas Tadeu
  • Kelly Cristina Pastor dos Santos Universidade São Judas Tadeu
  • Lynn de Oliveira Barros Universidade São Judas Tadeu
  • Natali Teotônio dos Santos Hospital da Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris
  • Flávia de Andrade e Souza Universidade São Judas Tadeu
  • Aline Bigongiari Universidade São Judas Tadeu Universidade de São Paulo
  • Márcia Barbanera UNiversidade São Judas Tadeu

DOI:

https://doi.org/10.22456/2316-2171.38784

Palavras-chave:

Hidroterapia. Cinesioterapia. Idoso e Queda.

Resumo

A fisioterapia tem um papel fundamental na reabilitação funcional de idosos com histórico de quedas. O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade do protocolo de hidroterapia e cinesioterapia no equilíbrio, na agilidade e na estatura em idosos que costumam cair. Foram avaliados 14 idosos por meio de estadiômetro, escala de equilíbrio de Berg e Timed Up & Go. Os idosos foram alocados em dois grupos: G1, tratados com hidroterapia, e G2, tratados com cinesioterapia. O protocolo teve duração de 2 meses, sendo duas vezes por semana e sessões de 40 minutos, totalizando 16 atendimentos. Após 16 sessões, os participantes foram reavaliados. Os dados foram analisados estatisticamente pelos testes Kruskal-Wallis e Wilcox-Mann-Whitney. Comparando-se os dois grupos, verificou-se que ambos os grupos apresentaram maior pontuação na escala de equilíbrio de Berg, menor tempo na realização do Timed Up & Go e uma tendência à significância na estatura corporal após a aplicação do protocolo No entanto, não houve diferenças estatisticamente entre os grupos. Pode-se concluir que a hidroterapia e a cinesioterapia são efetivas para a melhora do equilíbrio e agilidade dos participantes, amenizando o declínio da capacidade funcional inerente ao envelhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Martins Franciulli, Universidade São Judas Tadeu Universidade de São Paulo

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu e especialização em Traumatologia do Esporte pela Escola Paulista de Medicina (CETE-UNIFESP). Mestrado em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (USJT) e Doutorado em Ciências pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE-USP) no departamento de biodinâmica do movimento humano. Docente dos cursos de fisioterapia e educação física da Universidade São Judas Tadeu em regime de tempo integral. Secretária do Comitê de ética em pesquisa da USJT (CEP/USJT). Líder do núcleo de pesquisa da fisioterapia da USJT. Supervisora de estágios em neurofuncional e gerontologia. Atua nas linhas de pesquisa: biomecânica do movimento humano e fisioterapia gerontológica.

Giovana Banfi de Souza, Hospital São Luis - SP

Possui graduação em fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu e especialização em fisioterapia cardiorrespiratória pelo hospital Nossa Senhora de Lourdes - SP. Fisioterapeuta do setor de fisioterapia cardiorrespiratória do Hospital São Luis- Unidade Jabaquara em São Paulo.

Juliana Ferreira Albiach, Universidade São Judas Tadeu

Possui graduação em fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu (USJT). Aprimoramento em neurologia em adulto pela USJT e Aprimoramento em Fisioterapia Hospitalar Infantil pelo Hospital Infantil Cândido Fontoura - SP. Trabalha com atendimento home-care

Kelly Cristina Pastor dos Santos, Universidade São Judas Tadeu

Possui graduação em fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu e especialização em fisioterapia cardiorrespiratória pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia - SP.

Lynn de Oliveira Barros, Universidade São Judas Tadeu

Possui graduação em fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu e especialização em Gerontologia e Dermato-funcional pela Universidade Gama Filho - SP. Possui aprimoramento profissional em Ginecologia e Obstetrícia pela Universidade São Judas Tadeu. Trabalha com atendimento home-care.

Natali Teotônio dos Santos, Hospital da Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris

Possui graduação em fisioterapia pela Universidade São Judas Tadeu. Especialização em Gerontologia pela Universidade de Guarulhos e aprimoramento em Neurologia pela USJT. Trabalha com fisioterapia gerontológica no Hospital da Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris.

Flávia de Andrade e Souza, Universidade São Judas Tadeu

Bacharelado Em Fisioterapia pela Universidade Sao Judas Tadeu (USJT). Mestrado e doutorado em Educação Física pela USJT. Docente do cursos de fisioterapia e psicologia da Universidade Sao Judas Tadeu. Tem experiência na área de Fisioterapia atuando principalmente na área de disfunções músculo-esqueléticas, neurologia adulto e saúde pública, anatomia humana. Supervisora dos estágios de neurologia e gerontologia da USJT

Aline Bigongiari, Universidade São Judas Tadeu Universidade de São Paulo

Graduada em Fisioterapia pela UNICID, especialista em neuropediatria na Universidade Federal de São Carlos (UFscar) e mestre em Educação Física pela Universidade Sao Judas Tadeu. Doutorado em Ciências pela Escola de Educação Física e Esporte da USP. Docente dos cursos de fisioterapia, educação física e psicologia da Universidade Sao Judas Tadeu, ministrando as disciplinas de Hidroterapia, Anatomia Humana, Fisioterapia Neurológica e supervisão de estágio em Neuropediatria e Gerontologia, solo e piscina terapêutica. Certificação internacional pelo Conceito Halliwick, Método dos anéis de Bad Ragaz e Watsu.

Márcia Barbanera, UNiversidade São Judas Tadeu

Graduada em fisioterapia pela UNICID e especialização em Traumatologia do Esporte pela Escola Paulista de Medicina (CETE-UNIFESP). Mestre em Ciências pela Fisiopatologia Experimental da Faculdade de Medicina da USP e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - Instituto de Ortopedia e Traumatologia. Docente do curso de fisioterapia da Universidade São Judas Tadeu. Supervisora do estágio de Gerontologia.

Referências

AVELAR, Núbia C. P. et al. Efetividade do treinamento de resistência à fadiga dos músculos dos membros inferiores dentro e fora d’água no equilíbrio estático e dinâmico de idosos. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 14, n. 3, p. 229-236, maio/jun. 2010.

CABRAL, Kelem de Negreiros et al. Effectiveness of a multifactorial falls prevention program in community-dwelling older people when compared to usual care: study protocol for a randomised controlled trial (Prevquedas Brazil). BMC Geriatrics, London, v. 13, p. 27, Mar. 2013.

CANDELORO, Juliana Monteiro; CAROMANO, Fátima Aparecida. Efeito de um programa de hidroterapia na flexibilidade e na força muscular de idosas. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 11, n. 4, p. 303-309, jul./ago. 2007.

CHU, Kelly S. et al. Water-based exercise for cardiovascular fitness in people with chronic stroke: a randomized controlled trial. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation, Philadelphia, PA, v. 85, n. 6, p. 870-874, June 2004.

CUNHA, Márcio Fernandes et al. A influência da fisioterapia na prevenção de quedas em idosos na comunidade: estudo comparativo. Motriz, Rio Claro, v. 15, n. 3, p. 527-536, jul./set. 2009.

DEVEREUX, Kathryn; ROBERTSON, Dianne; BRIFFA, Noelle Kathryn. Effects of a water-based program on women 65 years and over: a randomised controlled trial.Australian Journal of Physiotherapy, Sydney, v. 51, n. 2, p. 102-108, Jan. 2005.

DOURIS, Peter et al. The Effect of Land and Aquatic Exercise on Balance Scores in Older Adults. Journal of Geriatric Physical Therapy, La Crosse, WI, v. 26, n. 1, p. 3-6, Apr. 2003.

FARIA, Christina Danielli Coelho de Morais et al. Comparação entre indivíduos hemiparéticos com e sem histórico de quedas com base nos componentes da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 242-247, jul./set. 2010.

FERREIRA, Márcio Antônio; MASSOTE, Sueli Tavares Augusto; LIMA, Poliana Cotrim. Aumento da estatura corporal no idoso através do tratamento postural. Textos sobre Envelhecimento, Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p. 164-298, 2005.

FIGUEIREDO, Karyna Myrelly Oliveira Bezerra de; LIMA, Kênio Costa; GUERRA, Ricardo Oliveira. Instrumentos de avaliação do equilíbrio corporal em idosos.Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, Florianópolis, v. 9, n. 4, p. 408-413, out./dez. 2007.

GONÇALVES, Daniele; RICCI, Natália; COIMBRA, Arlete. Equilíbrio funcional de idosos da comunidade: comparação em relação ao histórico de quedas. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 13, n. 4, p. 316-323, jul./ago. 2009.

HALE, Leigh A.; WATERS, Debra; HERBISON, Peter. A randomized controlled trial to investigate the effects of water-based exercise to improve falls risk and physical function in older adults with lower-extremity osteoarthritis. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation, Reston, VA, v. 93, n. 1, p. 27-34, Jan. 2012.

HERBERT, Robert et al. Effective physiotherapy. BioMedical Journal, London, v. 323, n. 7316, p. 788-790, Oct. 2001.

HIENGKAEW, Vimonwan; JITAREE, Khanitha; CHAIYAWAT, Pakaratee. Minimal Detectable Changes of the Berg Balance Scale, Fugl-Meyer Assessment Scale, Timed “Up & Go” Test, Gait Speeds, and 2-Minute Walk Test in Individuals With Chronic Stroke With Different Degrees of Ankle Plantarflexor Tone. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation, Reston, VA, v. 93, n. 7, p. 1201-1208, July 2012.

HOLDEN, Mauren K. et al. Clinical gait assessment in the neurologically impaired. Reliability and meaningfulness. Physical Therapy, Alexandria, VA, v. 64, n. 1, p. 35-40, Jan. 1984.

KUPTNIRATSAIKUL, Vilaiet al. Effectiveness of simple balancing training program in elderly patients with history of frequent falls. Clinical Interventions in Aging, Auckland, v. 6, p. 111-117, Jan. 2011.

MELZER, Itshak et al. A water-based training program that include perturbation exercises to improve stepping responses in older adults: study protocol for a randomized controlled cross-over trial. BMC Geriatrics, London, v. 8, p. 19, Jan. 2008.

MESSIAS, Manuela Gomes; NEVES, Robson. A influência de fatores comportamentais e ambientais domésticos nas quedas em idosos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 275-282, 2009.

MIYAMOTO, Samira Tatiyama et al. Brazilian version of the Berg balance scale. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Ribeirão Preto, v. 37, n. 9, p. 1411-1421, Sept. 2004.

NARCISO, Fernanda Veruska et al. Altura percentual do centro de gravidade e número de quedas em idosos ativos e sedentários. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, Florianópolis, v. 12, n. 4, p. 302-307, out./dez. 2010.

PIMENTEL, Renata Martins; SCHEICHER, Marcos Eduardo. Comparação do risco de queda em idosos sedentários e ativos por meio da escala de equilíbrio de Berg. Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 6-10, jan./mar. 2009.

PODSIADLO, Diane; RICHARDSON, Sandra. The timed “Up & Go: a test of basis functional mobility for frail elderly persons. Journal of the Americam Geriatrics Society, New York, v. 39, n. 2, p. 142-148, Feb. 1991.

RESENDE, Selma; RASSI, Cláudia Maria; VIANA, Flavia. Efeitos da hidroterapia na recuperação do equilíbrio e prevenção de quedas em idosas. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 12, n. 1, p. 57-63, jan./fev. 2008.

SCHRÖDER, Guido et al. Effects of physical therapy on quality of life in osteoporosis patients - a randomized clinical trial. Health and Quality of Life Outcomes, London, v. 10, p. 101, Aug. 2012.

SHERRINGTON, Catherine et al. Effective exercise for the prevention of falls: a systematic review and meta-analysis. Journal of the American Geriatrics Society, Malden, MA, v. 56, n. 12, p. 2234-2243, Dec. 2008.

SILVEIRA, Michele Marinho da et al. Envelhecimento humano e as alterações na postura corporal do idoso. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, São Caetano do Sul, v. 8, n. 26, p. 52-58, out./dez. 2010.

SIMMONS, Valerie; HANSEN, Paul D. Effectiveness of water exercise on postural mobility in the well elderly: an experimental study on balance enhancement. The Journals of Gerontology. Series A, Biological Sciences and Medical Sciences, Washington, DC, v. 51 A, n. 5, p. M233-M238, Sept. 1996.

SOARES, Michelle Alves; SACCHELLI, Tatiana. Efeitos da cinesioterapia no equilíbrio de idosos. Revista Neurociências, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 97-100, abr./jun. 2008.

STEFFEN, Teresa M.; HACKER, Timothy A.; MOLLINGER, Louise. Age-and Gender-Related Test Performance in Community-Dwelling Elderly People: Six-Minute Walk Test, Berg Balance Scale, Timed Up & Go Test, and Gait Speeds. Physical Therapy, Alexandria, VA, v. 82, n. 2, p. 128-137, Feb. 2002.

Downloads

Publicado

2015-03-11

Como Citar

Martins Franciulli, P., Banfi de Souza, G., Ferreira Albiach, J., Pastor dos Santos, K. C., de Oliveira Barros, L., Teotônio dos Santos, N., de Andrade e Souza, F., Bigongiari, A., & Barbanera, M. (2015). EFETIVIDADE DA HIDROTERAPIA E DA CINESIOTERAPIA NA REABILITAÇÃO DE IDOSOS COM HISTÓRICO DE QUEDAS. Estudos Interdisciplinares Sobre O Envelhecimento, 20(3). https://doi.org/10.22456/2316-2171.38784

Edição

Seção

Artigos