Cadeias globais: uma contribuição da RBV no processo de internacionalização

Yákara Vasconcelos Pereira Leite, Marcos André Mendes Primo

Resumo


Ao reconhecer a perspectiva teórica da visão baseada em recursos – RBV nos estudos da gestão das cadeias de suprimentos, questiona-se: qual é a sua utilidade para as cadeias globais. Este ensaio teórico teve como problema de pesquisa verificar: quais são as contribuições e limitações da visão baseada em recursos nas atividades das cadeias globais? Com isso, percebe-se que a integração vertical é o fator preponderante para a atuação da RBV na cadeia. Sendo que essa integração dependerá do tipo de influência existente na cadeia, o comprador ou o produtor direcionando as suas atividades. Ao observar esse requisito, as organizações envolvidas terão a oportunidade de trabalhar os recursos de modo a não serem copiados tão facilmente pelos concorrentes. O seu entrelaçamento, por exemplo, pode gerar a ambiguidade causal, fundamental nesse processo por dificultar a identificação dos recursos por parte da concorrência.

Palavras-chave


Internacionalização; Cadeias globais; Visão baseada em recursos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.36793