A escrita da leveza em <i>Caim</i> de José Saramago

Autores

  • Rodrigo Corrêa Martins Machado Universidade Federal de Viçosa
  • Gerson Luiz Roani Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.22456/1981-4526.23854

Palavras-chave:

José Saramago, Caim, questionamento, Leveza.

Resumo

José Saramago, com a publicação em 2009 do romance Caim, encerra um projeto de questionamento de um dos textos base da cultura ocidental, a Bíblia. Tal projeto havia sido iniciado em 1990 com a publicação do romance saramaguiano Evangelho Segundo Jesus Cristo. No primeiro romance citado, vislumbra-se um embate entre o Nobel português e o Novo Testamento bíblico, enquanto no segundo, o leitor depara-se com o questionamento do Antigo Testamento. Considerando-se as informações anteriores, objetivamos no presente trabalho, analisar a desconstrução e questionamento do Antigo Testamento bíblico na obra saramaguiana Caim, tendo como base, principalmente o texto “Leveza” de Ítalo Calvino (1990). Recorreremos também à contribuição de teóricos como Linda Hutcheon (1991) e Mikhail Bakhtin (1987).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Corrêa Martins Machado, Universidade Federal de Viçosa

Mestrando em Letras, com ênfase em Estudos Literários, pela Universidade Federal de Viçosa.

Gerson Luiz Roani, Universidade Federal de Viçosa

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Letras e professor Adjunto da Universidade Universidade Federal de Viçosa. Doutor em Literatura Comparada pela UFRGS.

Downloads

Publicado

2012-10-22

Como Citar

Machado, R. C. M., & Roani, G. L. (2012). A escrita da leveza em &lt;i&gt;Caim&lt;/i&gt; de José Saramago. Nau Literária, 8(1). https://doi.org/10.22456/1981-4526.23854