AUTOMOBILISMO CARIOCA: MEMÓRIAS DE UM PILOTO E AS CORRIDAS DE RUA DE 1954 A 1966

Rodrigo Vilela Elias, Ludmila Mourão

Resumo


Esta pesquisa trata do desenvolvimento do automobilismo e suas relações com o crescimento urbano do Rio de Janeiro no período entre 1954 e 1966, abrangendo o fim do Circuito da Gávea e a construção do Autódromo. A história oral e a literatura sobre o esporte ajudaram a esclarecer transformações relacionadas ao envolvimento do automobilismo com a política, a recém-chegada indústria automobilística, a popularização do automóvel e as transformações sociais e urbanas. Os resultados apontaram para um sentido de desenvolvimento conturbado, alocado entre a prosperidade nacional e a má administração do automobilismo carioca, marcado por ações imediatas, improvisadas e privadas.


Palavras-chave


Automobilismo. Esporte. Indústria. Política.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.9778

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment