CORPOS FEMININOS EM DEBATE: SER MULHER NA GINÁSTICA RÍTMICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.90272

Palavras-chave:

Corpo Humano. Gênero. Esportes. Ginástica Rítmica.

Resumo

Tomando como referência observações e discursos de atletas e treinadoras de ginástica rítmica (GR), por meio da etnografia como perspectiva metodológica, busca-se discutir algumas das múltiplas inscrições nos corpos femininos e algumas de suas representações. Demarcam-se tipos de feminilidades nessa modalidade esportiva em que os corpos são educados e apresentam características que nos ajudam a refletir os padrões de feminilidade. As análises deste estudo contribuem para um debate acerca das relações de gênero no esporte, incorporação e reprodução de discursos referentes ao corpo feminino e os contrapontos entre feminilidades e masculinidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Luiza Bremer Boaventura, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Docente do Departamento de Educação Física - DEF/CDS/UFSC

Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC) e do Núcleo de Estudos em Cultura, Corpo e Movimento (Sôma/CDS/UFSC)

Alexandre Fernandez Vaz, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Docente do Departamento de Estudos Especializados em Educação - EED/CED/UFSC e dos Programas de Pós-graduação em Educação (mestrado e doutorado - CED/UFSC) e Interdisciplinar em Ciências Humanas (Doutorado - CFH/UFSC)

Coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (CED/UFSC)

Downloads

Publicado

2020-02-11

Como Citar

BOAVENTURA, P. L. B.; VAZ, A. F. CORPOS FEMININOS EM DEBATE: SER MULHER NA GINÁSTICA RÍTMICA. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26005, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.90272. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/90272. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais