A CONSTITUIÇÃO DE UM SUBCAMPO ESPORTIVO: O CASO DA GINÁSTICA RÍTMICA

Autores

  • Bruna Paz Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL
  • Juliano de Souza Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Maringá, PR. Brasil
  • Ieda Parra Barbosa-Rinaldi Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Maringá, PR. Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.73658

Palavras-chave:

Ginástica. Sociologia. Pierre Bourdieu.

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar a trajetória da ginástica rítmica (GR) como um subcampo do campo esportivo. Para o desenvolvimento do texto, mobilizamos uma série de textos, livros e artigos sobre a GR, materiais estes que, posteriormente, foram articulados a partir do referencial teórico de Pierre Bourdieu. O texto está dividido em três seções. Na primeira delas, apresentamos a GR como um subcampo esportivo, expondo suas características e trajetória esportiva. Já na segunda parte, são problematizados aspectos relativos ao habitus que circunda a modalidade. Por fim, descrevemos a relação entre os agentes dominados e dominantes na modalidade, sob a perspectiva dos países e equipes que estruturam as dinâmicas e lutas no interior desse subcampo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Paz, Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL

Graduada em Educação Física pela UDESC, Mestre pela UNOPAR e doutoranda doPrograma de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL.

Juliano de Souza, Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Maringá, PR. Brasil

Mestre e Doutor em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná. Professor Adjunto do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM-UEL. Coordenador do grupo de pesquisa Observatório de Sociologia do Esporte (OSE-UEM). Pesquisador do Centro de Pesquisa em Esporte, Lazer e Sociedade (CEPELS-UFPR) e da Asociación Latinoamericana de Estudios Socioculturales del Deporte (ALESDE). Tem experiência com ensino nas áreas de Educação Física e esportes em diferentes níveis de formação e em projetos sociais. Atua com pesquisas nas áreas de Sociologia do Esporte e Epistemologia Social da Educação Física e do esporte.

Ieda Parra Barbosa-Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Maringá, PR. Brasil

Possui mestrado e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, e graduação em Educação Física pela UEM. Atualmente é professora Associada-tide C do Departamento de Educação Física da UEM e do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL. É líder do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq. Suas pesquisas voltam-se para os estudos socioculturais e pedagógicos em Educação Física por meio da investigação de fenômenos da cultura de movimento a partir do viés das ciências humanas e sociais. 

Downloads

Publicado

2018-06-24

Como Citar

PAZ, B.; SOUZA, J. de; BARBOSA-RINALDI, I. P. A CONSTITUIÇÃO DE UM SUBCAMPO ESPORTIVO: O CASO DA GINÁSTICA RÍTMICA. Movimento, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 651–664, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.73658. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/73658. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Ensaios