MANIFESTAÇÕES SOCIAIS E MÍDIA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013: ESTUDO COM PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM FORMAÇÃO INICIAL

Autores

  • Silvan Menezes dos Santos Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Curitiba, PR.
  • Giovani de Lorenzi Pires Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Educação Física. Florianópolis, SC.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.53797

Palavras-chave:

Esportes. Docentes. Mídias sociais. Futebol.

Resumo

O objetivo foi investigar de que maneira os professores de Educação Física em formação inicial atribuem significado ao discurso midiático-esportivo sobre megaeventos no âmbito da convergência digital. Um estudo observacional-descritivo, de inspiração etnográfica, com abordagem qualitativa. No cenário online da pesquisa, acompanhamos a página pessoal de cinco estudantes de Educação Física no Facebook. No cenário offline, foi realizada uma entrevista coletiva semiestruturada com os estudantes. Identificamos que, mesmo com compreensões críticas sobre o discurso midiático, faltou aos interlocutores a compreensão ampliada do fenômeno esportivo e das manifestações sociais relacionando-as com outras instâncias sociais, sobretudo com o próprio campo acadêmico e profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvan Menezes dos Santos, Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Curitiba, PR.

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Paraná.

Giovani de Lorenzi Pires, Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Educação Física. Florianópolis, SC.

Professor associado do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina, docente e orientador credenciado no PPGEF/UFSC.

Publicado

2015-12-13

Como Citar

SANTOS, S. M. dos; PIRES, G. de L. MANIFESTAÇÕES SOCIAIS E MÍDIA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013: ESTUDO COM PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM FORMAÇÃO INICIAL. Movimento, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 199–210, 2015. DOI: 10.22456/1982-8918.53797. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/53797. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais