FEMINISMOS, MULHERES E ESPORTES: QUESTÕES EPISTEMOLÓGICAS SOBRE O FAZER HISTORIOGRÁFICO

Silvana Vilodre Goellner

Resumo


Este texto analisa a contribuição das epistemologias feministas e dos estudos de gênero para as pesquisas historiográficas sobre mulheres e esportes. Para tanto, analisa a emergência do campo denominado de “História das Mulheres”, bem como a utilização da categoria “gênero” como uma ferramenta analítica que possibilita compreender os processos históricos através dos quais se deu a inserção, permanência e ampliação da participação das mulheres no campo das práticas corporais e esportivas. Enfatiza, ainda, as teorizações do feminismo póscrítico visto que, ao romperem com a categoria universal “mulher” têm visibilizado as diferenciações e pluralidades presentes nos modos das mulheres existirem e de viverem suas feminilidades

Palavras-chave


Feminismo. Mulheres. Esportes. História.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.3554

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment