PRECONCEITO NO FUTEBOL FEMININO BRASILEIRO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Fábio Luís Santos Teixeira UPE/UFPB - UFPE - IBGM
  • Iraquitan de Oliveira Caminha Universidade Federal da Paraíba-UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.30943

Palavras-chave:

Futebol feminino, Preconceito, Identidade de gênero

Resumo

O objetivo deste estudo é identificar as condições de existência do preconceito de gênero no futebol feminino à luz da literatura científica e discutir os aspectos sócio-culturais que os fundamentam. Realizamos uma busca de artigos em bases de dados utilizando descritores específicos. Registramos uma distribuição dos trabalhos entre três abordagens: histórica, pedagógica e psicossocial. As principais formas de preconceito são a segregação, o cerceamento em determinadas práticas esportivas, erotização da mulher e vigilância sobre a identidade de gênero. Conclui-se que o preconceito sobre as mulheres é causado pela ideia de incompetência e fragilidade fundadas no discurso das diferenças biológicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Luís Santos Teixeira, UPE/UFPB - UFPE - IBGM

Graduado em Educação Física pela Universidade de Pernambuco. Especialista em Docência de Filosofia e Sociologia - INSAF. Mestre em Educação Física (UPE-UFPB). Docente da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE e do Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing – IBGM.

Iraquitan de Oliveira Caminha, Universidade Federal da Paraíba-UFPB

Graduado em Educação Física, Psicologia e Filosofia. Mestre e Doutor em Filosofia. Realizou seu doutorado na Université Catholique de Louvain – Bélgica. Defendeu tese sobre o problema da percepção na filosofia de Merleau-Ponty. Professor pesquisador do Departamento de Educação Física (UFPB) e dos Programas de Pós-graduação em Educação Física (UFPB/UPE) e Filosofia (UFPB). Líder do Laboratório de estudos sobre o Corpo, Estética e Sociedade – Laisthesis e do Grupo de Estudos sobre Filosofia da Percepção.

Downloads

Publicado

2012-11-07

Como Citar

TEIXEIRA, F. L. S.; CAMINHA, I. de O. PRECONCEITO NO FUTEBOL FEMININO BRASILEIRO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Movimento, [S. l.], v. 19, n. 1, p. 265–287, 2012. DOI: 10.22456/1982-8918.30943. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/30943. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Ensaios