MOTIVAÇÃO INTRÍNSECA E O ESTADO MENTAL FLOW EM CORREDORES DE RUA

Autores

  • Fábio Luiz Massarella UNICAMP
  • Pedro José Winterstein UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2659

Palavras-chave:

Psicologia. Esportes. Corrida. Motivação. Estado Mental Flow.

Resumo

Este artigo é resultado de Dissertação de Mestrado realizado na Faculdade de Educação Física da UNICAMP. Participaram do estudo qualitativo, dez praticantes de corrida de rua. A metodologia utilizada foi a análise de conteúdo. A maioria dos atletas iniciou a prática extrinsecamente motivada, mas a motivação intrínseca é determinante na permanência por muitos anos. Foram identificadas relações entre os temas levantados na análise e os elementos que caracterizam o estado mental flow. Esses elementos podem ser importantes direcionadores na estruturação de atividades físicas, mantendo o indivíduo intrinsecamente motivado, implicando em maior assiduidade, empenho, tempo de permanência e satisfação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Luiz Massarella, UNICAMP

Mestrando - Laboratório de Psicologia do Movimento Humano. UNICAMP-Campinas - SP - Brasil.

Pedro José Winterstein, UNICAMP

Professor Doutor - Laboratório de Psicologia do Movimento Humano. UNICAMP - Campinas - SP - Brasil.

Publicado

2009-02-16

Como Citar

MASSARELLA, F. L.; WINTERSTEIN, P. J. MOTIVAÇÃO INTRÍNSECA E O ESTADO MENTAL FLOW EM CORREDORES DE RUA. Movimento, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 45–68, 2009. DOI: 10.22456/1982-8918.2659. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2659. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais