MOTIVAÇÃO INTRÍNSECA E O ESTADO MENTAL FLOW EM CORREDORES DE RUA

Fábio Luiz Massarella, Pedro José Winterstein

Resumo


Este artigo é resultado de Dissertação de Mestrado realizado na Faculdade de Educação Física da UNICAMP. Participaram do estudo qualitativo, dez praticantes de corrida de rua. A metodologia utilizada foi a análise de conteúdo. A maioria dos atletas iniciou a prática extrinsecamente motivada, mas a motivação intrínseca é determinante na permanência por muitos anos. Foram identificadas relações entre os temas levantados na análise e os elementos que caracterizam o estado mental flow. Esses elementos podem ser importantes direcionadores na estruturação de atividades físicas, mantendo o indivíduo intrinsecamente motivado, implicando em maior assiduidade, empenho, tempo de permanência e satisfação.

Palavras-chave


Psicologia. Esportes. Corrida. Motivação. Estado Mental Flow.

Texto completo:

PDF-BR PDF-EN


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2659

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment