RASURAS DISCIPLINARES E AMPUTAÇÃO DE FAZERES

Autores

  • José Damico FURG/UFRGS/UFSM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.21527

Palavras-chave:

Educação Física. Saúde Coletiva. Integralidade e Escuta.

Resumo

O ensaio faz uma reflexão sobre algumas possibilidades de educadores físicos atuarem no campo da saúde coletiva a partir da lógica da integralidade na saúde. Procura colocar em tensão alguns pontos centrais na lógica hegemônica dos discursos voltados à atividade física e à saúde na área de educação física. Sugere que a superação desse quadro demanda uma cirurgia de amputação do saber disciplinar que estabelece relações sujeito-objeto para que possamos desmedicalizar a demanda e escutar a subjetividade que está na queixa dos indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Damico, FURG/UFRGS/UFSM

Doutorado em Educação (PPG/UFRGS) e Antropologia Política (Université Paris 8).

Professor Adjunto do Curso de Educação Física (FURG/Instituto de Educação) e Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e Ciências (FURG/UFRGS/UFSM)

Downloads

Publicado

2011-10-07

Como Citar

DAMICO, J. RASURAS DISCIPLINARES E AMPUTAÇÃO DE FAZERES. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 3, p. 269–287, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.21527. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/21527. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

Ensaios