O LAZER NOS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: DIVERSIDADES E TENDÊNCIAS

Fernando Resende Cavalcante, Ari Lazzarotti Filho

Resumo


O objetivo deste artigo foi caracterizar as disciplinas relacionadas ao lazer nos currículos dos cursos de Educação Física do Brasil. Foi utilizada metodologia mista e a técnica Análise Categorial. Como conclusões o lazer parece ocupar pouco espaço na quantidade de disciplinas e no tempo dedicado a elas. A localização no fluxo curricular é diversa, entretanto no bacharelado as disciplinas tendem a estar na primeira metade da formação. As ementas diversificam suas relações com outros temas, todavia, se destacam a recreação, as políticas públicas, a educação, a cultura e o esporte. Nos enfoques há preponderância dos teórico-conceituais em detrimento dos instrumentais. As bibliografias são diversificadas e identifica-se uma ampla presença dos livros, com a valorização de obras introdutórias e conceituais. O autor mais referenciado é Nelson Carvalho Marcellino.

 


Palavras-chave


Atividades de Lazer. Currículo. Educação Física. Educação Superior.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.114216

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment