MEMÓRIAS DA PRÁTICA ESPORTIVA EXTRACURRICULAR EM ESCOLAS PRIVADAS DO PARANÁ (1980-1990)

Pauline Iglesias Vargas, Janice Zarpellon Mazo, Tuany Defaveri Begossi, André Mendes Capraro

Resumo


O objetivo deste trabalho é compreender os aspectos que convergiram para o enfraquecimento do esporte extracurricular em escolas particulares do estado do Paraná, nas décadas de 1980 e 1990. A metodologia utilizada foi a da História Oral. Para tanto, foram realizadas seis entrevistas com atletas, técnicos e/ou gestores do esporte escolar paranaense da época. Foi possível identificar que o esporte era utilizado como ferramenta de marketing institucional; as escolas deixaram de investir no esporte por distintos motivos; a escola foi ofuscada na medida em que os estudantes/atletas passam a participar de seleções municipais e estaduais; a situação financeira nacional forçou uma reestruturação dos investimentos; o esporte passou a ser uma possibilidade de arrecadação de investimentos financeiros; houve uma mudança de comportamento dos jovens; a crítica ao ensino de esportes na Educação Física durante a década de 1990 teve influência nesse processo de enfraquecimento.

 

 


 


Palavras-chave


História. Esportes. Entrevista. Educação Física.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.103945

Direitos autorais 2020 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment