POLÍTICA, ASSOCIATIVISMO E ESPORTE UNIVERSITÁRIO NA DÉCADA DE 1930

Vitor Lucas de Faria Pessoa, Cleber Dias

Resumo


O objetivo deste ensaio é analisar as relações que se estabeleceram entre o Estado e as associações esportivas universitárias durante a década de 1930 até o início da década seguinte. Para tanto, utilizamos jornais do acervo da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, assim como bibliografia especializada que trata sobre o tema. Nesse período, os esportes foram uma instância institucional relevante no agenciamento de relações entre o Estado e estudantes universitários. Além disso, a natureza dessas relações acabou por determinar o modo como os esportes se desenvolveram nas universidades brasileiras daí em diante, modelando uma arquitetura institucional que de certo modo sobrevive até os dias de hoje.

 


Palavras-chave


Esportes. História. Universidades.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.100596

Direitos autorais 2020 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment