Influências do uso das mídias digitais no ensino superior: percepções de acadêmicos do curso de administração

Aline Paim Soares, Elisandra Limana, Thaís Flores Ferreira, Valéria da Veiga Dias

Resumo


A revolução digital torna imprescindível o uso das mídias digitais no processo de ensino e aprendizagem, visto que sua adoção dinamiza as aulas, amplia o conhecimento e a relação interpessoal. Assim, o presente estudo busca evidenciar as influências do uso das mídias digitais no processo de ensino e aprendizagem do ensino superior, sob a percepção dos acadêmicos de administração de uma universidade do Rio Grande do Sul. Quanto à metodologia, classifica-se como um estudo de campo descritivo e quantitativo, tendo sua coleta de dados realizada por meio de aplicação de um questionário estruturado aos acadêmicos de Administração da instituição. Diante dos achados, conclui-se que os alunos utilizam as mídias digitais para estudo e que o uso destas tecnologias contribui para o processo de ensino e aprendizagem, sob este viés denota-se a importância da inserção midiática no ambiente acadêmico, mas diante deste contexto apontam-se algumas limitações a serem corrigidas.

Palavras-chave


Revolução Digital, Ensino e Aprendizagem, Influências do uso

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Cristiano Nabuco de; EISENSTEIN, Evelyn; ESTEFENON, Susana Graciela B. (organizadores). Vivendo esse mundo digital: impactos na saúde, na educação e nos comportamentos sociais. Livro eletrônico. Porto Alegre: Artmed, 2013. Disponível em: . Acesso em: 02 ago. 2018.

APPOLINÁRIO, Fábio. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. In: Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico, 2007.

BARROS, Carlos Enrique de Lima; MORAIS, Sérgio Augusto Santos de. O professor no processo de ensino e aprendizagem: novas tecnologias, novos caminhos, 2013. Disponível em: < http://www.atenas.edu.br/Faculdade/arquivos/NucleoIniciacaoCiencia/REVISTAS/REVIST2013/6%20O%20PROFESSOR%20NO%20PROCESSO%20DE%20ENSINO%20APRENDIZAGEM%20NOVAS%20TECNOLOGIAS,%20NOVOS%20CAMINHOS.pdf>. Acesso em: 17 nov.

BELLONI, Maria Luiza; BÉVORT, Evelyne. Mídia-educação: conceitos, história e perspectivas. Revista de Ciência da Educação & Sociedade, v. 30, n. 109, set/dez, Campinas, 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302009000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 17 nov. 2018.

BENTO, Luciane; BELCHIOR, Gerlaine. Mídia e educação: o uso das tecnologias em sala de aula. Revista de pesquisa interdisciplinar, v. 1, Ed. Especial, p. 8, set/dez, 2016. Disponível em: . Acesso em: 17 nov. 2018.

BRASIL ESCOLA. As tecnologias de informação e comunicação (TICS) no contexto escolar, 2016. Disponível em: . Acesso em: 29 set. 2018.

BRITO, Alvani Feliciana de; STRAUB, Sandra Luzia W.; MARTINS, M. C. As mídias digitais e a prática pedagógica, 2013. Disponível em: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/viewFile/1158/831. Acesso em: 17 set. 2018.

BUDINSKY, Elisete Teresinha A. O uso das mídias na sala de aula: um desafio para o professor, 2015. Disponível em: < https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/134010/000979745.pdf?sequence=1>. Acesso em: 24 set. 2018.

CARELLI, Maria José Guimarães; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos. Condições temporais de estudo em universitários, 1998. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pee/v2n3/v2n3a06>. Acesso em: 12 nov. 2018.

CASTRO, C. M. Estrutura e apresentação de publicações científicas. São Paulo: McGraw-Hill, 1976.

CHARTIER, Roger. Os livros resistirão às novas tecnologias digitais. Revista Nova Escola, 2007. Disponível em: < http://www.efdeportes.com/efd217/educacao-e-midia-as-novas-tecnologias.htm>. Acesso em 25 set. 2018.

CUFFA, Denise; ROJO, Claudio Antonio; MELLO, Gilmar Ribeiro de. Gestão do conhecimento no ensino superior: um estudo com acadêmicos do curso de administração. Revista Capital Científico – Eletrônica (RCCe), v. 12, n. 2, abril/junho, 2014. Disponível: < https://revistas.unicentro.br/index.php/capitalcientifico/article/view/2460/2208>. Acesso em: 17 nov. 2018.

DORIGONI, Gilza Maria L.; SILVA, João Carlos da. Mídia e educação: o uso das novas tecnologias no espaço escolar, 2007. Disponível em: . Acesso em 24 set. 2018.

FGV. Fundação Getúlio Vargas. 29º Pesquisa anual de administração e uso de tecnologia da informação nas empresas, 2018. Disponível em: <29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação>. Acesso em: 11 nov. 2018.

FILHO, Athail Rangel Pulino. Introdução ao Moodle. 2007. Disponível em: < http://redesocial.unifreire.org/moodledialogico/galeria-de-arquivos/01-introducao-ao-moodle.pdf>. Acesso em 18 nov. 2018.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. Disponível em: . Acesso em 31 mai. 2018

JUNIOR, Fernando Lino; ROLIM, Anderson Teixeira; CARVLHO, Sérgio Freitas de. Dispositivos digitais no ensino superior: percepções de alunos de administração. Revista de Ensino, Educação e Ciências humanas, Londrina, v. 16, n. 5, p. 486, 2015. Disponível em: < http://www.pgsskroton.com.br/seer/index.php/ensino/article/view/3863/3216>. Acesso em: 14 nov. 2018.

KNOLL, Katiane Rossi H.; CORSO, Kathiane Benedetti; JUNIOR, Paulo Vanderlei C. Eu, você e o smartphone, até que o phubbing nos separe: um estudo sobre as implicações do uso (excessivo) do smartphone entre casais. XX SemeAd - Seminários de administração, São Paulo, 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 set. 2018.

LARSON, Ron. Estatística aplicada. São Paulo: Pearson Prentice hall, 2010. Livro eletrônico. Disponível em: . Acesso em: 31 out. 2018.

LIMA, Maria Doris Araújo de. Uso de vídeo impresso para o aprendizado de temas transversais, uma experiência com alunos do 8º ano de uma escola pública de Maceió, 2011. Disponível em: < http://epealufal.com.br/media/anais/121.pdf>. Acesso em: 24 set. 2018.

LOPES, Sandra Luciane de Aragão T. Constituição de paródias, utilizando-se de músicas conhecidas e montagem de clipes das referidas canções. Dissertação – Pós-Graduação em Mídias da Educação – Universidade Federal de Santa Maria, 2013.

MORAN, José Manuel. Os novos espaços de atuação do educador com as tecnologias. Anais 12º Endipe – Encontro Nacional de Didática e Prática de ensino, Curitiba, 2004. Disponível em:< http://www.eca.usp.br/prof/moran/espacos.htm>. Acesso em 24 set. 2018.

OLIVEIRA, Flávia Medianeira de. A análise de propostas pedagógicas em portais educacionais para docentes de língua inglesa: implicações para o ensino e a aprendizagem de línguas no contexto digital. Dissertação – Pós-Graduação em Letras – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.

ORGÂNICA. Marketing na educação, 2017. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2018.

PINHEIRO, Patricia Peck. Direito digital. 4ª ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2010.

PORTO, Tania Maria E. As tecnologias de comunicação e informação na escola: relações possíveis... relações construídas. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 31, jan/abril, 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v11n31/a05v11n31.pdf>. Acesso em: 24 set. 2018.

RAMOS, Albenides. Metodologia da Pesquisa Científica. São Paulo: Atlas, 2009.

RESULTADOS DIGITAIS. Panorama do marketing digital no mercado educacional brasileiro, 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2018.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SERAFIM, Maria Lúcia; SOUSA, Robson Pequeno de. Multimídia na educação: o vídeo digital integrado ao contexto escolar. Scielo books. Paraíba: eduepb, 2011. Disponível em: < http://books.scielo.org/id/6pdyn/pdf/sousa-9788578791247-02.pdf>. Acesso em: 24 set. 2018.

SILVA, Rosane Leal da. Os desafios à educação na era digital: do paradigma da reprodução ao desenvolvimento da autonomia do educando, 2016. III Congresso internacional uma pedagogia para a sociedade futura. Disponível em: https://reciprocidade.emnuvens.com.br/novapedagogia/article/view/176/198. Acesso em: 17 set. 2018.

SOUZA, Dercia Antunes de.; OLIVEIRA, Joyce Alessandra de M.; Uso de tecnologias digitais por crianças e adolescentes: potenciais ameaças em seus inter-relacionamentos, 2016. XIIISEGeT – Simpósio de excelência em gestão e tecnologia. Disponível em: < https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos16/952473.pdf>. Acesso em: 25 set. 2018.

VERGARA, Sylvia C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3.ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2000.

XAVIER, A. C. Letramento digital: impactos das tecnologias na aprendizagem da geração y. Revista Unisinos Calidoscópio, São Leopoldo: Vol. 9 n 1, p. 3-14, 2011. Disponível em: . Acesso em: 31 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.106395

Direitos autorais 2021 Informática na educação: teoria & prática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.