(Des) Informação e [Pós] Verdade: possíveis contextos discursivo-conceituais

Vera Dodebei

Resumo


Este artigo tem por objetivo discutir as ideias de desinformação e pós-verdade a partir de seus opostos - informação e verdade. À luz da teoria do conceito em Dahlberg, complementada por análise de três narrativas fílmicas, foram descritos possíveis cenários conceituais com o apoio de busca bibliográfica ultra seletiva sobre cada um dos conceitos. Robert Logan conduziu a discussão sobre o conceito de informação e Nicola Abbagnano sobre o de verdade. Vladimir Volkoff historiografou o conceito de desinformação e o Oxford Languages, o de pós-verdade. Como conclusão, os atributos verdadeiros ou características conceituais garantidas pela literatura permitiram afirmar a circunstancialidade dos contextos culturais em que esses conceitos se organizam, bem como possibilitaram apresentar duas estruturas de análise: uma discursiva e polissêmica (narrativas fílmicas) e outra conceitual e redutora semântica (mapa conceitual) para as ideias de informação e desinformação, verdade e pós-verdade.


Palavras-chave


Desinformação; Informação; Pós-Verdade; Verdade; Teoria do conceito

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245272.117-137



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Google Scholar, Instagram, TwitterFacebook.

Classifica ção Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)