Música e emoções: um estudo altmétrico da produção científica de 1970 a 2019

Autores

  • Paulo Sergio da Conceição Moreira Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGGI), Universidade Federal do Paraná (UFPR). https://orcid.org/0000-0002-3168-2177
  • Denise Fukumi Tsunoda Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGGI), Universidade Federal do Paraná (UFPR). https://orcid.org/0000-0002-5663-4534

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245281.209-233

Palavras-chave:

Citações, Emoções, Indicadores Altmétricos, Música, Produção Científica

Resumo

Indicadores altmétricos são mecanismos complementares às métricas de citação no que concerne à mensuração do impacto das produções científicas. Nesse sentido, pesquisadores, brasileiros e internacionais, vêm elaborando estudos com foco na análise de relações entre as métricas alternativas e tradicionais. Nesse contexto, esta pesquisa busca por possíveis relações entre indicadores altmétricos e o número de citações recebidas por um artigo, considerando como objeto de estudo a produção científica sobre música e emoções publicada entre os anos de 1970 a 2019. Por meio de pesquisa quali-quantitativa e descritiva, aplicou-se testes estatísticos não paramétricos e identificou-se Mendeley e Twitter como as principais fontes de dados altmétricos para o tema. Para mais, visualiza a existência de relações entre os indicadores altmétricos e o número de citações, com destaque para o total de leitores no Mendeley, capaz de explicar 27,99% das citações recebidas. Outrossim, constata que, em média, artigos com indicadores altmétricos recebem 3,48 vezes mais citações, enquanto artigos com menções no Twitter e aqueles com marcações no Mendeley, contêm, de maneira geral, 2,06 e 3,53 vezes mais citações, respectivamente. Por fim, com esta pesquisa, vislumbra-se o potencial no uso das métricas alternativas para o acompanhamento das publicações sobre música e emoções, bem como em outras temáticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Sergio da Conceição Moreira, Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGGI), Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Doutorando em Gestão da Informação (PPGGI/UFPR).

Denise Fukumi Tsunoda, Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGGI), Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Doutorado em Engenharia Elétrica e Informática Industrial - Engenharia Biomédica (UTFPR). Professora do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGGI/UFPR)

Downloads

Publicado

2021-12-07

Como Citar

MOREIRA, P. S. da C.; TSUNODA, D. F. Música e emoções: um estudo altmétrico da produção científica de 1970 a 2019. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 1, p. 209–233, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245281.209-233. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/111905. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos