Desinformação, infodemia e caos social: impactos negativos das fake news no cenário da COVID-19

João Rodrigo Santos Ferreira, Paulo Ricardo Silva Lima, Edivanio Duarte de Souza

Resumo


Os meios digitais promovem a disseminação de informação em grande escala, inclusive fake news, gerando desinformação, infodemia e caos social. Este artigo buscou evidenciar a correlação entre essas temáticas, tomando como exemplo o cenário caótico marcado pela pandemia da COVID-19. Trata-se de ensaio de caráter bibliográfico e documental com abordagem qualitativa. Identifica impactos negativos no cenário da pandemia promovidos por informações imprecisas e inverídicas. Considera-se que a competência crítica em informação e a atuação das agências de fact-checking se destacam como elementos indispensáveis para lidar com os danos provenientes da combinação desses elementos.


Palavras-chave


Caos social. Competência em Informação. COVID-19. Desinformação. Fake news. Infodemia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245271.30-53



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Google Scholar, Instagram, TwitterFacebook.

Classifica ção Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)