Decifrando o “Trump tropical”: análise das percepções dos think tanks dos Estados Unidos sobre a eleição e o governo Bolsonaro

Luciana Wietchikoski, Eduardo Svartman

Resumo


Desde a campanha eleitoral, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro emula a retórica e iniciativas do presidente estadunidense Donald Trump e proclama o alinhamento do Brasil com os Estados Unidos. Diante deste realinhamento, o presente artigo avalia as percepções através das quais o novo governo brasileiro tem sido caracterizado em Washington, particularmente junto aos think tanks dedicados à política internacional. Estas organizações da sociedade civil, cuja produção ideacional visa influenciar a opinião pública e a formulação de políticas públicas, desempenham papel importante na difusão de narrativas a respeito do Brasil nos meios político, econômico, midiático e acadêmico estadunidense. Utilizando a metodologia da análise de conteúdo, demostra-se que, a despeito da aposta do governo brasileiro no alinhamento com os Estados Unidos e da acolhida inicialmente positiva do governo Donald Trump, a produção ideacional a respeito do novo presidente, sua agenda doméstica e política externa tem sido mais crítica do que elogiosa.

Palavras-chave


think tanks, relações Brasil Estados Unidos, opinião pública

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.96222



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS