Regionalismo, crise venezuelana e a pandemia do COVID-19: o impacto da fragmentação regional no cenário atual (2013-2020)

Flavia Loss de Araujo, Bárbara Carvalho Neves

Resumo


A convergência política na América do Sul, vivenciada entre 1998 e 2013, marcada por um cenário de crescimento econômico e destacado incentivo por parte dos governos sul-americanos em cooperar e formar espaços para a integração, não resultou no aprofundamento dos processos regionais existentes. Tal período, conhecido como regionalismo pós-hegemônico, ainda que compartilhando objetivos e valores em comum, levou à criação de diferentes instituições que ampliaram a segmentação regional ao serem incapazes de se consolidar diante das outras estruturas já existentes. Dessa maneira, o principal problema aqui discutido é a existência de um espaço regional fragmentado. Ao questionar como as instituições regionais sul-americanas respondem às demandas nacionais e regionais em um cenário fragmentado, este artigo busca analisar e avaliar os impactos da fragmentação regional em cenários críticos que demandam ações conjuntas e respostas institucionais regionais para resolver problemas que ultrapassam as fronteiras nacionais, em especial a crise Venezuelana e a pandemia do Covid-19. Através de análise bibliográfica recente, assim como a partir do acompanhamento de notícias, e fontes jornalísticas e documentos oficiais dos blocos regionais sul-americanos existentes, este artigo discute que em um cenário institucionalmente fragmentado, as instituições regionais encontram-se limitadas para dar respostas às demandas existentes.


Palavras-chave


Integração regional; Regionalismo pós-hegemônico; Venezuela; Crise regional; Covid-19; América do Sul;

Texto completo:

PDF

Referências


ACNUR, Número de refugiados e migrantes da Venezuela ultrapassa 4 milhões, segundo o ACNUR e a OIM. UNHCR/ACNUR, São Paulo, 07 de junho de 2019. Disponível em.: https://www.acnur.org/portugues/2019/06/07/numero-de-refugiados-e-migrantes-da-venezuela-ultrapassa-4-milhoes-segundo-o-acnur-e-a-oim/

ALBERTONI, Nicolás. El futuro posible de Mercosur. Diálogo Político, Konrad Adenauer Stiftung. 2020. Disponível em: https://dialogopolitico.org/documentos/el-futuroposible-del-mercosur/. Acesso em 28 set. 2020.

ARAUJO, Flavia Loss. Agendas de Política Externa para a Comunidade Andina de Nações: os casos de Bolívia e Colômbia. Belo Horizonte: Estudos Internacionais: Revista de Relações Internacionais da PUC Minas, vol. 2, n. 2, 189-214, 2014. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/8199.

ARELLANO, Felix Gerardo. Nacimiento, Evolución y Perspectivas de la Alianza Bolivariana para los Pueblos de Nuestra América. São Paulo: Friedrich Ebert Stiftung, Oct. 2009.

BENZI, Daniele; NAREA, Marco. El regionalismo latinoamericano, más allá de los «pos»: El fin de ciclo y los fantasmas globales. Nueva sociedad, n. 275, p. 106-120, mayo-jun./2018, ISSN: 0251-3552.

BRESSAN, Regiane Nitsch. Comunidade Andina e a pandemia de COVID-19. Cadernos de Regionalismo ODR, São Paulo, v. 4, 2020, p. 23-30. ISSN: 2675-6390.

BRICEÑO RUIZ, José. Da Crise da Pós-Hegemonia ao Impacto da Covid-19. O impasse do regionalismo latino-americano. Cadernos de Campo, Araraquara, n. 29, p. 21-39, jul./dez. 2020, E-ISSN 2359-2419.

BRICEÑO RUIZ, José. La integración regional en América Latina y el Caribe: Procesos históricos y realidades comparadas. Mérida: Centro Editorial Litorama, 2011.

BRICEÑO-RUIZ, José. O Regionalismo Latino-Americano Depois do Regionalismo Aberto: Novos Eixos, Novas Estratégias, Modelos Diversos. In: CARMO, C. A. do; et al. Relações Internacionais: Olhares Cruzados. Brasília: FUNAG, 2014. p. 193-238.

BRICEÑO-RUIZ, José. O Mercosul na política de integração de Venezuela. Civitas, v. 10, n. 1, p. 77-96, jan-abr/2010. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/civitas/article/view/6250/5164.

BRICEÑO RUIZ, José. Las teorías de la integración regional: más allá del eurocentrismo. Bogotá : Universidad Cooperativa de Colombia : Centro de Pensamiento Global, 2018. ISSN: 2500-7696; 8.

BRICEÑO RUIZ, José. Aislada de Occidente y cercana a Eurasia: Venezuela frente a la Covid-19 y el orden global pospandemia. Foro Internacional, LXI, vol. 44, n. 2, 2021, p.507-549. DOI: 10.24201/fi.v61i2.2837.

BUENO, Clodoaldo; RAMANZINI JR, Haroldo.; VIGEVANI, Tullo. Uma Perspectiva de Longo Período sobre a Integração Latino-Americana Vista pelo Brasil. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, v. 36, n. 2, p. 549-583, jul./dez. 2014.

CAETANO, Gerardo; LOPEZ BURIAN, Camilo; LUJAN, Carlos. El Brasil de Bolsonaro, las orientaciones posibles de su política exterior y el futuro del regionalismo en Sudamérica. Revista Uruguaya de Ciencia Política. [online]. 2019, vol.28, n.1, pp.95-130. Epub 01-Jun-2019. ISSN 0797-9789. http://dx.doi.org/10.26851/rucp.28.1.4.

CAETANO, Gerardo; LOPEZ BURIAN, Camilo; LUJAN, Carlos. Regionalismos, políticas exteriores y liderazgos internacionales en el Siglo XXI. América Latina y la mirada de los académicos de la región. In. BORBÓN, J. A. (ed.) América Latina frente a la reconfiguración global, FLACSO, Secretaría General, 2019a.

CERVO, Amado Luiz. Relações Internacionais do Brasil: um balanço da era Cardoso. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 45, n. 1, p. 5-35, jan./dez. 2002.

COUTO, Alessandro Biazzi. Massa Crítica 38 – Integrar para entregar? A atuação das grandes empreiteiras brasileiras na integração de infraestrutura na América do Sul. Rio de Janeiro, Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul, n. 38, Set. 2008.

CUSACK, Asa. K. Venezuela, ALBA, and the Limits of Postneoliberal Regionalism in Latin America and the Caribbean. Londres, Studies of the Americas, 2019. https://doi.org/10.1057/978-1-349-95003-4_7.

DESIDERÁ NETO, Walter Antonio. et. al. Relações do Brasil com a América do Sul Após a Guerra Fria: Política Externa, Integração, Segurança e Energia. IN: DESIDERÁ NETO (org.). O Brasil e as novas dimensões da integração Regional. Rio de Janeiro: IPEA, 2014, 508 p.

DEVLIN, Robert; ESTEVADEORDAL, Antoni. Que hay en el nuevo regionalismo de las Américas?. Buenos Aires: BID-INTAL, 2001. Disponível em: http://idbdocs.iadb.org/wsdocs/getdocument.aspx?docnum=33036571

FERREIRA, Mariana. A política externa venezuelana para a integração regional (2004 – 2012): entre a dependência estrutural e a unidade latinoamericana. Dissertação - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, p. 143-169, 2016.

FIORI, José Luis. A virada à esquerda na América do Sul. Valor Econômico, São Paulo, 09 jan. 2006. Disponível em: http://www.cnmcut.org.br/conteudo/a-virada-a-esquerda-na-america-do-sul. Acesso em: 13 out. 2017.

FRANCINI, Pablo; CASTAÑO, Francisco. Breve Análisis de la Unasur luego de la autosuspensión de seis miembros. Universidad Nacional de La Plata: Instituto de Relaciones Internacionales, 2018. Disponível em: https://www.iri.edu.ar/wp-content/uploads/2018/07/bo-alatina-64-art-francinicasta%C3%B1o.pdf

FRENKEL, Alejandro. Prosur: el último Frankenstein de la integración sudamericana. Nueva Sociedad, jun./2019.

FUCCILLE, Luis Alexandre.; MARIANO, Marcelo Passini;

RAMANZINI Jr. Haroldo; ALMEIDA, Rafael Augusto Ribeiro de. O governo Dilma Rousseff e a América do Sul: a atuação brasileira na UNASUL (2011-2014). Colombia Internacional, Bogotá, v. 92, p. 43-72, 2017.

GALVÃO, Thiago Gehre. América do Sul: construção pela reinvenção (2000-2008). Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 52, n. 2, p. 63-80, 2009.

GARCIA, Carlos. La crisis política en Venezuela y el papel del Grupo de Lima. In: Revista de Relaciones Internacionales, Estrategia y Seguridad, v. 15, n. 1, p. 177-193, 2020. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7351747

HIRST, Mónica. Contexto e Estratégia do Programa de Integração Argentina-Brasil. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 8, n. 3, p. 55-72, jul./set. 1988.

JUNQUEIRA, Cairo Gabriel Borges; NEVES, Bárbara Carvalho; SOUZA, Lucas Eduardo Silveira de. Regionalismo Sul-Americano nos anos 2020: o que esperar o que esperar em meio às instabilidades políticas?. Revista Tempo no Mundo, v. 23, p. 93-122, 2020.

LLENDERROZAS, Elsa. UNASUR: Desafíos geopolíticos, económicos y de política exterior. Pensamiento Propio, v. 42, p. 195-214, 2016.

MALAMUD, Andrés. Presidential Diplomacy and the Institutional Underpinnings of Mercosur: An Empirical Examination. In: Latin America Research Review, v. 40, n. 1, p.138-164, 2005. Disponível em: https://cadmus.eui.eu/bitstream/handle/1814/53584/Malamud_PresidentialDiplo_Published_Version.pdf?sequence=1

MARIANO, Karina Lilia Pasquariello. 2013. 205 f. Um Modelo para Avaliação de Integração Regional e a Experiência do Mercosul. Tese (Livre Docência em Ciência Política) - Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara da Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2013.

MARIANO, Marcelo Passini. O Papel do Brasil na Integração da Infraestrutura da América do Sul: limites institucionais e possibilidades de mudança. IN: DESIDERÁ NETO (org.). O Brasil e as novas dimensões da integração Regional. Rio de Janeiro: IPEA, 2014, 508 p.

MARIANO, Marcelo Passini. A crise doméstica do Brasil e a Política Externa do Governo Temer. Anuario Política Internacional & Política Exterior 2016-2017, Montevideo, v. 1, p. 99-105, 2017.

MELO, Giulia Carolina de. 2014. 159 f. A União de Nações Sul-Americanas: processo de constituição e visão brasileira. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2014.

MERCOSUL. Declaración de los Presidentes del Mercosur sobre Coordinación Regional para la Contención y Mitigación del Coronavirus y su Impacto. Documentos, 18 mar. 2020. Disponível em: https://www.mercosur.int/documento/declaracion-de-lospresidentes-del-mercosur-covid19. Acesso em 28 set. 2020.

MERCOSUL. MERCOSUR/RMS-Ext./ACTA Nº 01/20. 2020a. Disponível em:https://documentos.mercosur.int/public/reuniones/8180. Acesso em: 26 set. 2020.

MERCOSUR. Mercosul. Os presidentes do MERCOSUL acordam medidas contra o coronavírus. Disponible en: https://www.mercosur.int/pt-br/os-presidentes-do-mercosul-acordam-medidas-contra-o-coronavirus/. Accedido en 20 ago. 2020.

MIJARES, Victor; NOLTE, Detlef. Regionalismo post-hegemónico en crisis. Por qué la Unasur se desintegra, Foreign Affairs Latinoamérica, v.18, n. 3, p. 105-112, 2018.

MIJARES, Victor; RAMÍREZ, Sara. H. El factor Venezuela en la Crisis del Regionalismo Posthegemónico. Working Paper, 2020.

NADDI, Beatriz Walid de Magalhães Naddi; GONÇALVES, Júlia de Souza Borba. A Aliança do Pacífico frente à pandemia da COVID-19. Cadernos de Regionalismo ODR, São Paulo, v. 4, 2020, p. 31-41. ISSN: 2675-6390.

NEVES, Bárbara Carvalho. Política externa brasileira e a integração da infraestrutura na América do Sul: uma análise a partir dos mecanismos IIRSA/COSIPLAN. (Dissertação) Mestrado em Relações Internacionais - UNESP/UNICAMP/PUC-SP, Programa San Tiago Dantas de Pós-graduação em Relações Internacionais, São Paulo, (2019), 249, http://hdl.handle.net/11449/181007.

NEVES, Bárbara Carvalho; COSTA, Gabriela Dorneles Ferreira da. E o Mercosul? Os impasses regionais diante da pandemia de COVID-19. Cadernos de Regionalismo ODR, São Paulo, v. 4, 2020, p. 42-51. ISSN: 2675-6390.

NEVES, Bárbara Carvalho; HONORIO, Karen dos Santos. Latin American Regionalism Under The New Right. E-International Relations, v. SEP, p. 1, 2019.

NOLTE, Detlef. Costs and Benefits of Overlapping Regional Organizations in Latin America: The Case of the OAS and UNASUR. Latin American Politics and Society, v. 60, n. 1, p.18-15, 2018.

NOLTE, Detlef. Regional Governance from a Comparative Perspective. IN: GONZÁLEZ-SÁNCHEZ, V. M. (ed.). Economy, Politics and Governance Challenges. New York: Nova Science Publishers, Inc, 2016.

NOLTE, Detlef; COMINI, Nicolás. UNASUR: Regional Pluralism as a Strategic Outcome. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, v. 38, n. 2, may./aug. 2016.

OLIVEIRA, Amâncio Jorge de. O governo do PT e a Alca: política externa e pragmatismo. Estudos Avançados, vol. 17, n. 48, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142003000200023.

PECEQUILO, Cristina Soreanu. A Política Externa do Brasil no Século XXI: Os Eixos Combinados de Cooperação Horizontal e Vertical. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 51, n. 2, p. 136-153, 2008.

PÊGO, Bolívar. Et al. Pandemia e Fronteiras Brasileiras: análise da evolução da Covid-19 e proposições. IPEA: Notas Técnicas, n. 16, maio, 2020.

PEREIRA, Francisco Denes. O lugar da América Latina nas relações sul-sul: o papel da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) na integração latino-americana. Brazilian Journal of Latin America Studies, vol. 15, n. 29, 2016. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/115232.

PONT, Andrei. La crisis humanitaria en Venezuela y su impacto regional: migración, seguridad y multilateralismo. Pensamiento Propio, v. 23, n. 47, jan-jun/2018.

POZO, Pedro Caldentey del. El regionalismo a examen. La crisis global de la integración. Revista de Fomento Social, v. 74, n. 3, p. 349-368, 2020.

PRIETO, Gérman C. The constructivist IPE of regionalism in South America. IN. Vivares, Ernesto. (org.) The Routledge Handbook to Global Political Economy. New York: Routledge, 1st Edition, 2020. p. 602-622. ISSN: 9781351064545.

RAMANZINI JR., Haroldo. Política externa e regionalismo em um ambiente internacional em transformação. Mural Internacional (Online), v. 7, p. 151-166, 2016.

RIBEIRO, Clarissa Correa Neto. 2016. 131 f. Overlapping regionalism e proliferação de instituições na América Latina: complementariedade e fragmentação nas agendas regionais. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) -

UNESP/UNICAMP/PUC –SP Programa de Pós Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas, São Paulo, 2016.

RIGGIROZZI, Pía. Coronavirus y el desafío para la gobernanza regional en América Latina. Análisis Carolina – Fundación Carolina, n. 12, 2020.

RIGGIROZZI, Pía; RYAN, Matt. The credibility of regional policymaking: insights from South America, Globalizations, 2021. DOI: 10.1080/14747731.2021.1893530

RIGGIROZZI, Pía; TUSSIE, Diana. The Rise of Post-Hegemonic Regionalism in Latin America. IN: RIGGIROZZI, P.; TUSSIE, D. (eds.). The Rise of Post-Hegemonic Regionalism: The Case of Latin America. Southampton: Springer, 2012, p. 1-16.

ROHTER, Larry. With New Chief, Uruguay Veers Left, in a Latin Pattern. NYTimes. 01 de Março de 2005. Disponível em: https://www.nytimes.com/2005/03/01/world/americas/with-new-chief-uruguay-veers-left-in-a-latin-pattern.html. Acesso em 14 Mar. 2021.

SANAHUJA, José Antonio. Del 'Regionalismo Abierto' al 'Regionalismo Post-Liberal'. Crisis y Cambio en la Integración Regional en América Latina. Anuario de la Integración Regional de América Latina y el Gran Caribe 2008-2009, Buenos Aires, p. 11-54, 2009.

SANTANA, Elissandro dos Santos; OJEDA, Jesús Ibáñez; NASCIMENTO Jr., Wanderley dos Reis. dos R. Modelos divergentes de integración regional: el caso ALBA-TCP y Alianza del Pacífico. Revista Rebela, Porto Alegre, v. 7, n. 1, jan./abr. p. 115-138, 2017.

SARAIVA, Miriam Gomes. Integração Regional na América do Sul: processos em aberto. IN: 3o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais – Governança Global e Novos Atores, ed. 3, 2011, São Paulo. Anais Eletrônicos. 2011.

SARAIVA, Miriam Gomes.; VELASCO JR., Paulo Afonso. A política externa brasileira e o “fim de ciclo” na América do Sul: Para onde vamos? Pensamiento Propio, Buenos Aires, v. 21, jul./dic., p. 295-324, 2016. Disponível em: http://www.cries.org/wp-content/uploads/2017/02/PP44-web.pdf. Acesso em 20 jun. 2018.

SILVA, Fabricio. Bolivarianismo na encruzilhada. Análise da ascensão e crise do chavismo a partir de seus conceitos. Santiago, Polis, v. 17, n. 51, 2018.

SOUZA, Lucas Eduardo Silveira de. O Brasil e o regionalismo sul-americano: o papel da UNASUL na política externa do governo Rousseff (2011-2016). 2018. 155 f., il. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

SPEKTOR, Matías. Shadows of the Past and Contested Ambitions. IN: HITCHCOK, W. I.; LEFFLER, M. P.; LEGRO, J. W. Shaper Nations: Strategies for a Changing World. London: Harvard University Press, p. 17-35, 2016.

TEODORO LUCIANO, Bruno; BRESSAN, Regiane Nitsch. A Comunidade Andina no século XXI: entre bolivarianos e a Aliança do Pacífico. Revista Sociologia Política [online], v. 26, n. 65, p. 62-80, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-44782018000100062&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em 15 jul. 2018.

TOKATLIAN, Juan Gabriel, et al. Venezuela: Paz y seguridad. Nueva Sociedad, maio/2019. Disponível em: https://nuso.org/articulo/venezuela-paz-y-seguridad/.

UNASUL. Tratado Constitutivo da União de Nações Sul-Americanas. Ministério das Relações Exteriores. Documentos da União das Nações Sul-Americanas. Brasília, 23 mai. 2008. Disponível em: http://www.itamaraty.gov.br/politica-externa/integracao-regional/13221-documentos-da-uniao-de-nacoes-sul-americanas?lang=pt-BR. Acesso em 14 jul. 2018.

VADELL, Javier A.; GIACCAGLIA, Clarisa. El Rol de Brasil en el Regionalismo Latinoamericano: la apuesta por una inserción internacional solitaria y unilateral. Foro Internacional, LX, n. 3, cuad. 241, p. 1041-1080, 2020.

VEIGA, Pedro da Motta; RÍOS, Sandra P. O Regionalismo Pós-Liberal na América do Sul: origens, iniciativas e dilemas. CEPAL: Série Comércio Internacional, n.82, jul. 2007.

VIGEVANI, Tullo.; RAMANZINI JR, Haroldo. Autonomia, Integração Regional e Política Externa Brasileira: Mercosul e Unasul. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 57, n. 2, p.517-552, 2014.

VILLA, Rafael. Venezuela: mudanças políticas na era Chávez. In: São Paulo: Estudos Avançados, vol 19, n. 5, Set/Dez 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142005000300011

WENDT, Alexander. Constructing International Politics. International Security, vol. 20, n. 1 (Summer, 1995), p. 71-81. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/2539217.




DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.110583



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS