CULTURA ORGANIZACIONAL DE DESEMPENHO E A FRAUDE CONTÁBIL DO SETOR BANCÁRIO BRASILEIRO

Bruna Cristina Silvério Diniz, Sabrina Rafaela Pereira Borges

Resumo


A cultura de desempenho simboliza uma cooperação relevante no que tange ao comportamento dos indivíduos que atuam dentro da organização a qual pode influenciar a ocorrência de fraudes contábeis trazendo vários questionamentos sobre o papel da Contabilidade e da Auditoria. No Brasil, a ocorrência de fraudes contábeis em todas as esferas, especialmente nas instituições financeiras, pode estar associada com a cultura organizacional das entidades. Diante disso, o objetivo desse estudo é compreender como a cultura de desempenho e as fraudes contábeis estão sendo evidenciadas na cultura organizacional do setor bancário brasileiro. Para alcançar o objetivo proposto, primeiramente foi feita a coleta de dados em sítios e relatórios da administração dos bancos com atuação no Brasil com a utilização da análise de conteúdo. Posteriormente, foi realizada a análise de clusters como forma de buscar as similitudes entre as instituições examinadas levando-se em consideração os períodos e os aspectos organizacionais dos bancos. Pode-se inferir, após a análise dos resultados, que tanto a cultura de desempenho quanto a fraude foram destacadas pelos bancos, as quais possuem uma relação dentro do âmbito das instituições financeiras, porém estão mais preocupadas em divulgar que são éticas do que o bom desempenho. Na análise de clusters, a obtenção de lucros foi considerada relevante na atuação dos bancos, enquanto que a estrutura de governança foi pouco enfatizada. Espera-se que o presente estudo contribua para despertar o conhecimento no que tange a cultura corporativa e a ocorrência de fraudes em bancos.

 


Palavras-chave


Cultura de desempenho; Fraudes contábeis; Bancos.

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS