A IMPORTÂNCIA DO TOTAL COST OF OWNERSHIP NO GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

Paulo Schmidt, José Luiz dos Santos, Paulo Roberto Pinheiro, Marília Mendes da Silva Nunes

Resumo


Tendo em vista a necessidade das empresas de estabelecer relacionamentos estreitos entre fornecedores e compradores através de vínculos de cooperação imprescindíveis para a competitividade das empresas nos dias de hoje, este estudo aborda a importância do total cost of ownership (TCO), ou também conhecido como custo total da propriedade, no gerenciamento da cadeia de suprimentos. Este estudo tem como objetivo apresentar as principais contribuições do modelo TCO como uma ferramenta de gerenciamento de custos de uma cadeia de suprimentos. Essa ferramenta dá suporte ao processo decisório na cadeia de suprimentos no que diz respeito à seleção de fornecedores, tendo em vista que a área de compras é fundamental para o gerenciamento da área de suprimentos de uma empresa. Trata-se de um estudo exploratório, com pesquisa bibliográfica e com uma aplicação prática na área de compras de uma empresa do ramo de educação. Assim, percebeu-se que através da utilização da ferramenta de TCO é possível que as empresas consigam visualizar melhor seus custos, para uma correta tomada de decisão no que diz respeito à compra por meio de determinado fornecedor.


Palavras-chave


Cadeia de suprimentos; Logística; Custo total da propriedade (TCO)

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS