EVIDENCIAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO A PARTIR DE 16 EMPRESAS PERTENCENTES AOS PROGRAMAS “NOVO MERCADO” E “EM BOA COMPANHIA” DA BM&FBOVESPA

Fábia Jaiany Viana de Souza, Célio da Costa Barros, Renata Paes de Barros Camara, Fábio Resende de Araújo, Mauricio Correa da Silva

Resumo


Sintonizados com os acontecimentos mundiais, pesquisadores e estudiosos brasileiros ligados à área ambiental têm centrado esforços na busca de uma normatização contábil com o objetivo de padronizar a apresentação e divulgação nas demonstrações contábeis das informações de responsabilidade social e ambiental. Esta pesquisa tem como objetivo identificar as informações ambientais evidenciadas nas demonstrações contábeis de 16 empresas pertencentes aos programas Novo Mercado e Em Boa Companhia da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBOVESPA). A pesquisa se classifica como qualitativa, descritiva e documental. Os resultados revelaram que informações apresentadas pelas empresas pesquisadas são em grande parte declarativas, de característica positiva, e que ações judiciais decorrentes de danos causados ao meio ambiente, cláusulas de contratos que envolvem questões ambientais e cálculos de provisões relacionadas a ações judiciais em andamento, são as informações ambientais mais evidenciadas pelas empresas. Conclui-se que a evidenciação ambiental das empresas pesquisadas não apresenta uma realidade diferente da observada em outras amostras de estudo, situação que denota a carência de divulgação de informações ambientais pelas entidades brasileiras e reforça a necessidade de uma padronização na publicação de tais informações, com o intuito de permitir, inclusive, a comparabilidade entre as empresas, que é dificultada, atualmente, em virtude de cada empresa divulgar apenas o que julga relevante.


Palavras-chave


Evidenciação. Divulgação ambiental. Demonstrações contábeis.

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS