OS MÉTODOS DE CUSTEIO: VANTAGENS, DESVANTAGENS E SUA APLICABILIDADE NOS DIVERSOS TIPOS DE ORGANIZAÇÕES APRESENTADAS PELA LITERATURA

Katia Abbas, Marguit Neumann Gonçalves, Maury Leoncine

Resumo


Os métodos de custeio são ferramentas importantes para a geração de informações relevantes para a tomada de decisões. Este fato evidencia a importância da utilização de métodos de custeio compatíveis com os objetivos e as características das organizações.  Assim, o objetivo deste artigo é identificar quais métodos de custeio são mais utilizados na literatura nacional, mais especificamente no Congresso Brasileiro de Custos, destacando as aplicações em diversos tipos de organizações. Para tanto, esta pesquisa é aplicada, qualitativa e quantitativa, descritiva, explicativa, pesquisa de campo, bibliográfica e levantamento. Os resultados apresentam que os métodos de custeio são aplicados nos mais diversos tipos de organizações, sejam elas comerciais, industriais, de serviços, ou ainda públicas ou privadas. Cada artigo, ou melhor, cada autor, defende o seu método como o melhor para determinar os custos dos bens e serviços, ou para obtenção de determinado tipo de informação. Ressalta-se que nenhum dos métodos é perfeito e resolverá todos os problemas das organizações. Mesmo o custeio por absorção, apresenta vantagens, como atender à legislação do Imposto de Renda, alocar tanto os custos diretos quanto os indiretos e ser menos custoso de implementar. Porém, a escolha do método mais adequado, deve levar em consideração, o tipo de organização e o tipo de informação que se busca obter. Além disso, são os gestores que, de posse das informações geradas pelo método aplicado, seja este, tradicional, convencional ou híbrido, decidem sobre as ações a serem tomadas.


Palavras-chave


Métodos de custeio; Tipos de organizações; Congresso Brasileiro de Custos

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS