A LINGUAGEM FAZ DIFERENÇA? UM EXAME EXPERIMENTAL SOBRE MOTIVATED SENSITIVITY NO JULGAMENTO DO AUDITOR GOVERNAMENTAL BRASILEIRO

Rossana Guerra de Sousa, Edilson Paulo, César Augusto Tibúrcio Silva

Resumo


 

Este estudo busca examinar a ocorrência de motivated sensitivity na análise de informações econômicas, financeiras e patrimoniais das entidades realizada pelo auditor governamental brasileiro em decorrência da influência da preferência linguística em seu processamento. A metodologia utilizada foi o experimento de campo com a exposição de dois grupos aleatoriamente constituídos de auditores governamentais, de órgãos de fiscalização interna e externa dos estados e do governo federal do Brasil à manipulação da variável linguística entre textual e numérica. Os dados coletados foram analisados com a utilização da Anova e do Qui-Quadrado. Os resultados indicam que a preferência por estilos linguísticos guia a atenção e a interpretação das análises realizadas, podendo interferir na percepção de confiabilidade das informações postas sob exame dos auditores governamentais e na formulação do julgamento profissional. A pesquisa contribui para o entendimento de parte do processo de julgamento e dos efeitos de fatores motivacionais desse grupo e pode guiar a adoção de ações de mitigação do risco para os casos de julgamentos relevantes.


Palavras-chave


Auditoria governamental; Julgamento profissional; Motivated sensitivity

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS