A NATUREZA DO CAPITAL INFLUENCIA O DESEMPENHO DAS ADMINISTRADORAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA?

Autores

  • Alexandre Braga UFPEL
  • Paulo Renato Soares Terra UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Daniele Gonçalves Braga ANHANGUERA EDUCACIONAL DE PELOTAS

Palavras-chave:

Fundos mútuos, Desempenho, Risco e retorno, Marcação a mercado

Resumo

Este trabalho verificou o desempenho das 17 maiores administradoras de fundos no período 1997-2003 com dados diários. O método empregado é a análise de dados em painel. A hipótese de que as administradoras obtêm igual relação risco-retorno em suas carteiras, independente da natureza do seu capital, é rejeitada. As administradoras privadas nacionais e estrangeiras apresentam um desempenho superior às administradoras estatais. Da mesma forma, a relação risco-retorno, obtida pelas administradoras de fundos estatais, não é constante no período anterior e posterior à marcação a mercado. Após a introdução da métrica de marcação a mercado, o desempenho das administradoras estatais apresenta melhora significativa, enquanto as administradoras privadas e estrangeiras não apresentam mudança em seu desempenho. Esses resultados salientam a importância das normas de regulação da indústria de fundos de investimento para a avaliação do desempenho das administradoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Braga, UFPEL

Professor da Faculdade de Administração da UFPel.

Paulo Renato Soares Terra, UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor do PPGA UFRGS.

Daniele Gonçalves Braga, ANHANGUERA EDUCACIONAL DE PELOTAS

Professora e Coordenadora do Curso de Administração da Anhanhguera Educacional de Pelotas.

Downloads

Publicado

2010-10-20

Como Citar

BRAGA, A.; TERRA, P. R. S.; BRAGA, D. G. A NATUREZA DO CAPITAL INFLUENCIA O DESEMPENHO DAS ADMINISTRADORAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA?. ConTexto - Contabilidade em Texto, Porto Alegre, v. 10, n. 18, p. 87–96, 2010. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/ConTexto/article/view/16053. Acesso em: 4 out. 2022.