PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E AUDITORIA DE GESTÃO: SIMILARIDADES COM O MODELO COSO

Jeisom de Melo Fajardo, Carlos Alexandre Nascimento Wanderley

Resumo


A nova metodologia de Tomada de Contas implementada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) originou, no ambiente de controle da Gestão Pública, a necessidade da avaliação ampla do desempenho das instituições, tarefa até certo ponto inédita em relação aos trabalhos de campo numa auditoria. Para isso, é muito importante, dentro do contexto da auditoria de avaliação gestão (AVG), o acesso irrestrito ao âmago da instituição a que se pretende auditar. De outra forma, o COSO – The Committee of Sponsoring Organizations – (Comite das organizações patrocinadoras) é uma organização privada, sem fins lucrativos, dedicada à melhoria dos relatórios financeiros e prevenção de fraudes nas demonstrações contábeis através da ética, efetividade dos controles internos e governança corporativa. Em decorrência da globalização e da padronização internacional das técnicas de auditoria, as recomendações do COSO, relativas ao controles internos, bem como seu cumprimento e observância, são amplamente praticadas e tidas como modelo e referência no Brasil, assim como na maioria dos países do mundo. Sendo assim, o presente estudo busca inicialmente, através de uma pesquisa bibliográfica e documental, identificar as similaridades entre os modelos de controle interno (COSO) e os trabalhos relacionados com a nova metodologia de auditoria de avaliação da gestão. Após todos os exames, conclui-se que a questão indicada foi amplamente respondida, pois existe similaridade entre os modelos COSO e os trabalhos relacionados com a AVG, especificamente no tocante à categoria desempenho e eficiências das operações. Referente a tais pontos, os trabalhos numa AVG se adéquam em relação ao modelo COSO.

Palavras-chave


Auditoria; Estratégia; Planejamento; Desempenho

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS