EVIDENCIAÇÃO VOLUNTÁRIA DO CAPITAL INTELECTUAL NOS RELATÓRIOS DA ADMINISTRAÇÃO EM EMPRESAS DO NOVO MERCADO NO ANO DE 2006

Donizete Reina, Sandra Rolim Ensslin, José Alonso Borba

Resumo


Esta pesquisa relata os resultados de um estudo sobre evidenciação voluntária dos elementos de Capital Intelectual (CI) nos Relatórios da Administração (RAs) das 30 maiores companhias abertas (capital social), classificadas no Novo Mercado, listadas pela BOVESPA em 31/12/2006 por meio da técnica de análise de conteúdo. Observou-se os seguintes resultados: 93% das empresas evidenciam elementos de CI; elementos como Processos gerenciais, Filosofia gerencial e Clientes lideram a frequência de evidenciação (90%, 73% e 70%, respectivamente). A categoria Capital Interno teve a maior representatividade, com 41%, seguida do Capital Externo, com 34%, e Capital Humano, com 25%. A companhia SABESP foi à empresa com maior número de elementos de CI divulgados (16). Quanto à forma de divulgação prevaleceu a forma narrativa.

Palavras-chave


Capital intelectual. Evidenciação voluntária. Empresas brasileiras do novo mercado.

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS