AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE DE UMA INSTITUIÇÃO DE MICROCRÉDITO VIA MODELAGEM FINANCEIRA

Marta Von Ende, Cláudio Bezerra Leopoldino

Resumo


Em uma determinada instituição de microcrédito, cujos objetivos estratégicos são o crescimento, a autosustentação e a função social de acesso, é importante que se esteja dotado de meios para avaliar trade-offs e testar possíveis cenários futuros. As metas buscadas são interdependentes e a mudança em uma delas sempre vai requerer que se abra mão de algo em uma ou várias outras. O objetivo deste trabalho é mostrar o grau de sustentabilidade de uma instituição de microcrédito brasileira, para duas situações, sendo uma de demanda estável e outra de crescimento. A fim de viabilizar a análise, desenvolveu-se um modelo de simulação que reproduziu empréstimos e pagamentos feitos ao fundo durante o período de um ano, permitindo uma estimativa dos valores da carteira ativa e resultado operacional durante o período analisado. Os resultados do estudo apontam para uma situação de sustentabilidade tênue na organização em ambos os cenários analisados, bem como demonstram resultados operacionais pouco expressivos quando comparados às metas organizacionais.

Palavras-chave


Microcrédito. Sustentabilidade. Simulação.

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS