A GESTÃO E ACCOUNTABILITY: A VISÃO DOS MEMBROS DE IGREJAS EVANGÉLICAS

Adller Moreira Chaves

Resumo


A população evangélica cresceu nas últimas décadas e hoje representa praticamente 1/3 da população brasileira. Outra transformação ocorrida nas últimas décadas foi o surgimento das Tecnologias de Informação e Comunicação que mudaram a sociedade e as organizações, oferecendo diferentes transformações de serviços e interações sociais, aumentando a exigência por maior participação, prestação de contas, responsabilidade e transparência. Estes princípios, que são accountables, não deve ser aplicado apenas em organizações públicas, mas também em organizações privadas e terceiro setor. Será que os cristãos exigem características como estas para a sua comunidade e as igrejas praticam-nos? Este é uma das perguntas que norteiam o artigo. Para responde-las, foram aplicados 148 questionários com membros de diversas denominações evangélicas sobre ferramentas que promovem o accountability em organizações. Os resultados evidenciam que muitas igrejas evangélicas disponibilizam informações através de relatórios contábeis e prestam conta de suas ações para a comunidade. Entretanto, muitas vezes as igrejas não incentivam a participação e limitam os canais comunicacionais não utilizando novas ferramentas tecnológicas para essa interação. Além disso, uma parte considerável dos membros acreditam que não têm responsabilidades sobre a gestão financeira e que a liderança é incumbida de tomar decisões.


Palavras-chave


Gestão de Igrejas; Accountability; Prestação de Contas; Transparência; Responsabilidade

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS