INFLUÊNCIA DA ESTRUTURA DE CAPITAL SOBRE A RENTABILIDADE DAS EMPRESAS DO SETOR DE ENERGIA ELÉTRICA LISTADAS NA B3

Roberta Quiles Bettega de Lima, Marco Antonio dos Santos Martins

Resumo


O presente estudo teve como objetivo analisar a influência da estrutura de capital sobre a rentabilidade das empresas do setor de energia elétrica listadas na B3, dentre o período de 2014 a 2018. A metodologia aplicada classifica-se como quantitativa, descritiva e documental, valendo-se dos dados publicados pelas companhias em suas demonstrações financeiras. Foram utilizados três modelos de regressão linear múltipla para estudo da influência das variáveis de estrutura de capital e de controle sobre as variáveis de rentabilidade. Os resultados obtidos apontam que não há indícios significativos de que o endividamento influencie ROE, entretanto, evidencia-se certo impacto positivo do endividamento de curto prazo e negativo do endividamento de longo prazo. Observou-se semelhança nos resultados obtidos nos três modelos de regressão aplicados, no que concerne à influência exercida sobre ROA e ROAOper, indicando que tanto o endividamento de curto prazo quanto o de longo prazo tendem a influenciar positivamente tais variáveis. Em todos os modelos aplicados, houveram evidências de que a variável de controle q de Tobin também exerce influência positiva sobre ROA e ROAOper. Por fim, através da análise de correlação, identificou-se que as variáveis que possuem maior correlação com os indicadores de rentabilidade foram o endividamento de curto prazo e q de Tobin. 


Palavras-chave


Estrutura de Capital. Rentabilidade. Endividamento. Correlação.

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS