Autopercepção da ansiedade: análise do cotidiano de um estudante

Laura Costa Fraga, Daniel Giordani Vasques

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo analisar a autopercepção da ansiedade em um jovem estudante do Colégio de Aplicação da UFRGS. Ela foi realizada a partir da elaboração de um instrumento de pesquisa recordatório com anotações diárias, no qual o estudante anotava situações de ansiedade do seu dia. O diário foi elaborado com 16 páginas, contendo, em cada uma delas, uma tabela com nove perguntas. Ao todo, foram realizados 16 dias consecutivos de anotações. A pesquisa também foi realizada a partir de uma revisão bibliográfica de pesquisas que tratam sobre o tema de ansiedade como Salva (2008), Batista e Oliveira (2005), Castillo et al (sem ano de publicação), dentre outros autores. Percebemos como resultados, que, durante os 16 dias de anotações o sujeito relatou ter passado por diferentes momentos de ansiedade no seu dia-a-dia, e que, a partir desta experiência, conseguiu buscar diferentes estratégias para amenizar os picos de ansiedade no seu cotidiano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.98526

Direitos autorais 2020

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento