(De) marcando a cidade: vivências urbanas de jovens-estudantes do Colégio de Aplicação da UFRGS

Victor Hugo Nedel Oliveira

Resumo


Entender as juventudes contemporâneas e suas relações com a cidade faz-se oportuno em uma sociedade que, cada vez mais, subestima as capacidades destes sujeitos. Este estudo objetiva-se em analisar as percepções e experiências urbanas vivenciadas jovens escolarizados do Colégio de Aplicação da UFRGS. Como aporte teórico, recorre-se aos autores referências no campo das Juventudes, e no campo das questões urbanas. Para tanto, realiza-se a metodologia quantitativo-qualitativa, através do uso de quatro movimentos metodológicos: o primeiro, sendo um questionário auto-aplicável pelos sujeitos da pesquisa.. O segundo movimento metodológico é a escrita de uma carta ao turista. O terceiro movimento metodológico são observações em campo, a partir de formulário próprio. O quarto movimento, no sentido de amarrar os três anteriores e verificar pontos pendentes constitui-se da realização de grupo focal, com metodologia de trabalho própria.


Palavras-chave


juventudes; cidade; educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ANGROSINO, Michael. Etnografia e Observação Participante. Porto Alegre: Artmed, 2009.

BARBOUR, Rosaline. Grupos Focais. Porto Alegre: Artmed, 2009.

BASTOS, Maria H. C.; CUNHA, Maria T. S.; MIGNOT, Ana Chrystina V. (Org.). Destino das Letras: história, educação e escrita epistolar. Passo Fundo: Ed. UPE, 2003.

CACCIA-BAVA, Augusto; COSTA, Dora Isabel Paiva da. O lugar dos jovens na história brasileira. In: ______; FEIXA PAMPOLS, Carles; CANGAS, Yanko. (Orgs). Jovens na América Latina. São Paulo: Escrituras Editora, 2004.

CALADO, Flaviana Moreira. O ensino de Geografia e o uso dos recursos didáticos e tecnológicos. Revista Geosaberes. v. 3, n. 5, 2012.

CAVALCANTI, Lana de Souza. A geografia escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino de geografia para a vida urbana cotidiana. Campinas: Papirus, 2008.

CLARK, David. Introdução à Geografia Urbana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1991.

COLLINS, J. ; HUSSEY, R. Pesquisa em Administração: um guia prático para alunos da graduação e pós- graduação. Porto Alegre: Bookman, 2005

ESTEBAN, María Paz Sandín. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FEIXA PAMPOLS, Carles. A construção histórica da juventude. In: ______; CACCIA-BAVA, Augusto; CANGAS, Yanko. (Orgs). Jovens na América Latina. São Paulo: Escrituras, 2004.

______. La ciudad invisible: territórios de las culturas juveniles. In: MARGULIS, Mario; CUBIDES, Humberto; VALDERRAMA, Carlos. Viviendo a toda: jóvenes, territórios culturales y nuevas sensibilidades. Santa Fé de Bogotá: Universidad Central; Siglo Del Hombre, 1998.

HAESBAERT, Rogério. O Mito da Desterritorialização: do fim dos territórios à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

KATO, Danilo Seithi ; KAWASAKI, Clarice Sumi. As concepções de contextualização do ensino em documentos curriculares oficiais e de professores de ciências. Ciência & Educação (Bauru), v.17, n.1, p.35-50, 2011.

PAIS, José Machado. Ganchos, Tachos e Biscates. Jovens, Trabalho e Futuro. Porto: Ambar, 2001.

PAIS, José Machado. Culturas Juvenis. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2003.

PEREIRA, Mateus Henrique de Faria; SARTI. Flavia Medeiros. A Leitura entre Táticas e Estratégias? Consumo Cultural e Práticas Epistolares. Revista História da Educação, ASPHE/FaE/UFPel, Pelotas, v. 14, n. 31 p. 195-217, Maio/Ago 2010.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: Técnica e Tempo. Razão e Emoção. São Paulo: Hucitec, 1997.

SIERRA BLAS, Verónica. Escrebir y servir: las cartas de una criada durante el franquismo. Signo. Revista de Historia de la Cultura Escrita. Universidad de Alcalá: Alcalá de Henares, 2002, n. 10, p. 121-140.

VIEIRA, Sônia. Como elaborar questionários. São Paulo: Atlas, 2009.

TUAN, Y-Fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. São Paulo: Difel, 1980.

WARTHA, Edson José; et al. Cotidiano e contextualização no ensino de química. Química nova na Escola. Vol. 35, N° 2, p. 84-91, maio, 2013.




DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.82695

Direitos autorais 2018

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento