Machado de Assis e HQ: uma nova perspectiva do cânone.

Autores

  • Caroline Valada Becker UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.6537

Palavras-chave:

Educação, Literatura, Adaptação, História em Quadrinhos.

Resumo

Resumo: Na literatura infanto-juvenil, encontramos com freqüência clássicos da literatura nacional e mundial, contos e romances, adaptados para obras de mesmo gênero, ou seja, da prosa à prosa. O processo artístico de recriação modificou-se e, entre as diversas possibilidades, os adaptadores têm eleito o gênero HQ para transporem a ele as obras canônicas. Esse artigo irá, pois, observar duas adaptações do conto O Alienista, de Machado de Assis, para as HQs, analisando como se dá a recriação do tom machadiano no universo imagístico. As ponderações aqui expostas são o resultado inicial do meu projeto de pesquisa de iniciação científica que tem como objetivo observar as adaptações de clásscios para as HQs e o seu papel na formação de leitores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Valada Becker, UFRGS

Estudante de Letras da UFRGS, bolsista de Iniciação Científica na área de Literatura e Ensino, no Colégio de Aplicação.

Downloads

Publicado

2008-07-30